• Últimas notícias

    domingo, 11 de dezembro de 2016

    Traficantes faturavam quase R$ 35 mil por dia no São Caetano, em Salvador

    Planilha aprrendida pela polícia no dia 17 de novembro deste ano mostra que o tráfico era mais do que rentável para Boca Mole - Washington Davi Santos da Silva -, de 30 anos, comandante da atividade criminosa na região da Fazenda Grande do Retiro. De acordo com matéria do Correio, o faturamento de um único dia chegou a R$ 34 mil.
     
    As anotações especificam dívidas e quantidade de drogas dos meses de julho a novembro deste ano. As transações financeiras incluem ainda depósitos, compra de motos roubadas e pagamento de advogados. Também na Capelinha de São Caetano, a polícia descobriu, com a prisão de Patrick Santana, no último dia 29, transações bancárias de outra quadrilha comandada por Boca Mole. Tudo estava em uma agenda escolar, apreendida na casa de Patrick, que cumpre pena no Presídio Salvador.
     
    Embora esteja na prisão de segurança máxima de Serrinha desde 2013, Boca Mole, que segundo fontes da polícia é ligado à facção Bonde do Maluco (BDM), ainda mantém o comando do tráfico nos dois bairros. O BDM tem como líder o traficante José Francisco Lumes, o Zé de Lessa, procurado pelas polícias Federal e Civil. 
     
    O caderno, com mais de 50 páginas, foi encontrado durante uma operação de agentes da 4ª Delegacia (São Caetano). Também  foi apreendido um total de R$ 150 mil em drogas - quatro quilos de maconha e três de cocaína, além de uma pequena quantidade de crack. O local era investigado pelos agentes como um dos pontos de venda de Boca Mole.

    Polícia

    Bahia

    Serrinha