• Últimas notícias

    domingo, 26 de fevereiro de 2017

    Recebido no Ilê aos gritos de ‘Fora Temer’, Neto defende Baiana System

    Todas as pessoas têm o livre direito de se manifestar, seja um artista ou um cidadão, e a gente não vai retaliar. Pelo menos, eu não”, disse prefeito sobre punição à bandaCARNAVAL


    Evilasio Junior / Rodrigo Aguiar
    Foto: Roberto Viana/ Ag. Haack/ bahia.ba
    Foto: Roberto Viana/ Ag. Haack/ bahia.ba

    Recepcionado na sede do Ilê Ayiê, no bairro do Curuzu, na noite deste sábado (25), aos gritos de “Fora Temer” e “golpista”, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), adotou o mesmo tom conciliador do secretário de Cultura e Turismo, Claudio Tinoco, ao falar da polêmica apresentação da banda Baiana System, na noite anterior no Campo Grande, também com manifestações contrárias ao presidente da República.
    No entendimento do democrata, apesar de o vocalista Russo Passapusso ter se manifestado contrário ao seu grupo político no trio elétrico, ele tem o direito à liberdade de expressão e não será punido pelo Município.
    “Da minha parte, isso não existe, porque nós entendemos que todas as pessoas têm o livre direito de se manifestar, seja um artista ou um cidadão, e a gente não vai retaliar. Pelo menos, eu não. Da minha parte eu descarto essa possibilidade”, declarou, ao ser perguntado pelo bahia.ba, na tradicional saída do bloco afro.
    O presidente do Conselho Municipal do carnaval, Pedro Costa, ameaçou expulsar o grupo musical da folia do próximo ano. Sobre as sua próprias vaias, o prefeito minimizou: “Normal. Tem que estar preparado para isso”.

    Polícia

    Bahia

    Serrinha