• Últimas notícias

    quarta-feira, 1 de março de 2017

    Chefe do MP promete dar tratamento apropriado a declaração de Kannário

    A chefe do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), Ediene Lousado, disse que o cantor e vereador Igor Kannário (PHS) “exerceu com bastante empolgação a sua liberdade de expressão” ao falar que o crime organizado opera dentro da Câmara Municipal. Segundo a promotora, a representação que a Procuradoria Legislativa prometeu enviar ainda não chegou ao MP. 
     
    “Quando chegar, vamos dar o tratamento legal apropriado. Ele contrariou muita gente, inclusive outros vereadores, a população, a sociedade na medida em que ele citou facções criminosas. Isso também será objeto de apuração. Os artistas precisam compreender que eles são formadores de opinião, e devem proferir mensagens de paz, de preferência sem macular a honra de ninguém. Se fizer só a alegria do povo ele já fica feliz”, assinalou em conversa com o Bocão News

    Polícia

    Bahia

    Serrinha