• Últimas notícias

    quinta-feira, 2 de março de 2017

    Ex-prefeito de Santo Estêvão é condenado por fraudar licitação


    Orlando Santiago, que foi gestor do município entre 2001 e 2008, é acusado de adulterar concorrência de serviços de fisioterapia no valor de R$ 69 mil

    A Justiça Federal condenou Orlando Santiago (PSD), ex-prefeito de Santo Estêvão, por fraude em licitação com recursos do Sistema Único de Saúde (SUS), ocorrida no município em 2003. Com a decisão, o ex-gestor terá seus direitos políticos suspenso, ficará proibido de contratar com o poder público por cinco anos e deverá ressarcir o dano de R$ 69.676 aos cofres públicos, além de pagar multa de dez vezes o valor do salário.
    De acordo com o MPF, o ex-prefeito demonstrou total desrespeito às leis que norteiam a administração pública e decidiu, de forma consciente e voluntária, fraudar uma licitação que beneficiou a empresa da filha de sua secretária municipal — que, por sua vez, era sua aliada política – com utilização da máquina pública para a satisfação dos seus interesses pessoais

    Polícia

    Bahia

    Serrinha