• Últimas notícias

    domingo, 30 de julho de 2017

    TJ-BA tem mais de R$ 300 mil para compra de salgadinhos em um ano

    Sede do Tribunal de Justiça da Bahia, no CAB (Foto: Marina Silva/Arquivo CORREIO)
    O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) poderá gastar mais de R$ 300 mil em salgadinhos de festa, como esfirras, kibes, risoles e outros, durante 12 meses, segundo registro de preços homologado pela presidente do Tribunal, Maria do Socorro Barreto Santiago. O ato foi publicado no Diário da Justiça da Bahia nesta sexta-feira (28), com 10 grupos de itens para eventos, no valor total de R$ 770.889, do pregão nº 015/2017.
    No grupo "buffet" aparecem 11 tipos de eventos: dois tipos de almoço e jantar, dois tipos de brunch, café da manhã regional, café da manhã, três tipos de coffee break e dois tipos de coquetel volante. Para todos os eventos são estimados 700 participantes, variando apenas o valor para cada um deles, que vai de R$ 22 a R$ 75. O cardápio é variado e inclui, nos coffee breaks e café da manhã, pãezinhos de queijo, brioches, mugunzá, bolos, milhos, tapiocas, raízes (aipim, inhame e batata doce) e frios diversos.
    Já no brunch e no almoço, as opções são crepes, filé mignon ao molho de champignon, salmão ao molho de maracujá, camarões ao molho de uvas, croquetes de bacalhau, sequilhos, salgados e doces finos.
    Dentro desse grupo, o item mais caro é o almoço ou jantar do tipo 1, no valor de R$ 52.500, para 700 pessoas, com preço máximo para cada de R$ 75. O valor total do buffet é de R$ 309.400.
    O registro de preços também tem outros grupos, como o de recursos humanos para eventos, no valor total de R$ 49.896. Para esse, são contratados 10 fotógrafos, 50 garçons, 20 mestres de cerimônia, 20 coordenadores de eventos, 10 operadores de equipamentos audiovisuais, 50 auxiliares de cozinha, 30 fritadores, 10 operadores de luz, 10 auxiliares de operadores de luz, 5 técnicos de iluminação e 5 técnicos de informática.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Polícia

    Bahia

    Serrinha