• Últimas notícias

    domingo, 27 de agosto de 2017

    Feirense do ‘Baralho do Crime’ é preso em Sergipe

    Acusado de vários homicídios, Leone Santos Costa, também conhecido como "Leone do Pela Porco", residente em Feira de Santana, foi preso na madrugada deste sábado (26), por policiais do 8º Batalhão da Polícia Militar de Aracajú, após disparar vários tiros em um bar, localizado no centro da capital de Sergipe.

    A prisão de Leone foi comemorada pelas polícias de Feira de Santana, em especial a Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), comandada pelo delegado Gustavo Coutinho, que há muito tempo estava procurando Leone. ele é suspeito de praticar dezenas de homicídios em Feira de Santana. Recentemente, presos acusados de crimes apontaram Leone como mandante. Leone deve ser recambiado para o Presídio de Segurança Máxima de Serrinha, mas antes deve ser ouvido pela DHPP.


    “Leone participou na chacina que ocorreu no ano passado na localidade da Portelinha, no bairro Pedra do Descanso, que vitimou cinco jovens; participou no ataque que matou um garoto também na Pedra do Descanso, além de outros ataques em vários bairros da cidade, culminando em dezenas de mortes”, declarou um dos investigadores da DHPP.


    A prisão


    Acusado de tentativa de homicídio, Leone Costa Santos foi preso pela Polícia Militar (PM), durante a madrugada deste sábado, 26, por tentativa de homicídio, porte ilegal de armas e falsidade ideológica, na região do Mercado Albano Franco, no centro da capital.

    Em depoimento à policia, o suspeito alegou que foi ao centro da cidade para comprar entorpecentes, mas foi contratado por um traficante para assassinar uma mulher de prenome Brenda, que estava em um bar próximo.

    Leone disparou contra a mulher, atingida na cabeça e, em seguida, também atirou contra um segurança. A partir daí, a PM foi acionada, e ao chegar, o acusado já havia sido dominado por populares. Ele comentou ainda que, quando adolescente, já havia cometido cinco homicídios e que usava um documento falso para escapar da polícia.

    O homem foi apreendido com uma quantia de R$600, referente ao pagamento do mandante do crime. A PM apreendeu, ainda, um revólver e sete munições. As duas vítimas foram encaminhadas ao Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). Leone foi levado à Delegacia Plantonista Sul e autuado em flagrante.

    Blog Central de Polícia, com informações da Folha do Estado e Infonet.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Polícia

    Bahia

    Serrinha