• Últimas notícias

    sexta-feira, 27 de outubro de 2017

    Acusado de matar a esposa a facadas é preso durante novo depoimento

    Acusado de matar a esposa a facadas é preso durante novo depoimento
    Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade
    Andrea Trindade
    Foi preso nesta sexta-feira (27), durante novo depoimento no Complexo de Delegacias de Feira de Santana, Pedro da Silva Paixão, de 51 anos. Ele é acusado de ter assassinado a golpes de faca, a esposa Maria Neuza da Cruz Paixão, de 43 anos, na Rua Andando nas Nuvens, bairro Gabriela.
    Ele se apresentou com o advogado à polícia no último dia 17, confessou o crime e foi liberado após o depoimento. No entanto, a delegada, Ludmila Vilas Boas, representou pela prisão preventiva dele, que foi decretada pela Juíza Marcia Simões Costa.Segundo a delegada, o acusado pretendia fugir e já não estava sendo encontrado nos endereços informados para receber as intimações.
    Pedro da Silva afirma ter agido por emoção e por ciúmes ao descobrir que a esposa estava em outro relacionamento e não o desejava mais como marido. Para a polícia, o suspeito premeditou o crime e desde dezembro ele teve conhecimento pela própria vítima sobre o desejo de não dar continuidade ao relacionamento.
    Segundo a delegada Ludmila Vilas Boas e Santos, o crime aconteceu no dia do aniversário da filha de 10 anos do casal. Pedro chegou à delegacia com uma sacola de remédios informando que é diabético, tem sequelas de um AVC e aterosclerose.
    “Ele premeditou o crime. Tanto que desde dezembro que a própria vítima já dizia que desejava se separar dele. No Dia das Mães, ele pediu perdão à família dela sem dizer o motivo e usou a traição como desculpa para praticar esse crime. Disse que suspeitava da traição, mas não queria se separar. Ele tem que ser punido, pois ele teve forças e condições pra executar e premeditar esse crime”, afirmou a delegada.
    Ainda de acordo com Ludimila Vilas Boas, o acusado matou a esposa com uma faca tipo peixeira usada na cozinha da residência. Pedro e Marina Neuza eram casados e pais de três filhas, duas delas menores de idade, de 10 e 14 anos.
    Pedro da Silva foi encaminhado para o Conjunto Penal de Feira de Santana, onde ficará à disposição da polícia.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Polícia

    Bahia

    Serrinha