• Últimas notícias

    sábado, 28 de outubro de 2017

    Feirantes vendem frangos coloridos artificialmente como galinhas caipiras


    A Vigilância Sanitária de Boa Vista, Roraima, flagrou feirantes vendendo frangos de granja coloridos artificialmente como se fossem galinhas caipiras na  Feira do Produtor Rural. O intuito da adulteração era aumentar os lucros, visto que o frango de granja custa em média R$ 18 e a galinha caipira é vendida a R$ 45.
    De acordo com o diretor da Vigilância Sanitária de Boa Vista, os animais eram abatidos, depenados e pintados artificialmente. A vigilância encontrou um balde manchado de tinta sendo usado como recipiente para colorir os frangos. Um cone de trânsito também era usado como funil no abate dos animais. Tudo era feito sem as mínimas condições de higiene.
    O  caso será direcionado ao Ministério Público de Roraima (MPRR) para que as devidas providências sejam tomadas. Ainda segundo o diretor da Vigilância Sanitária: “Eles já foram punidos com a interdição dos pontos. […] Vamos enviar todo o material ao MP porque a vigilância toma as providências na área administrativa e o Ministério Público nas áreas civil ou criminal, como for necessário”, finalizou.
    Nove bancas de venda de frango permanecem interditadas por tempo indeterminado ou até que os feirantes se regularizem e obtenham licença para abater e vender as aves no local.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Polícia

    Bahia

    Serrinha