Últimas notícias

Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, defende reforma política e previdenciária do Brasil, em evento na Inglaterra


O setor previdenciário brasileiro é uma imensa transferência de renda dos pobres para os ricos, porque os 30 milhões de pensionistas no INSS custam um pouco mais do que 1 milhão de aposentados no setor público e todo o resto da sociedade financia essa transferência de renda”, afirmou Barroso. Ele citou um amigo que se aposentou aos 44 anos e hoje tem mais 80. “Há 40 anos ele vive as custas da sociedade, de um povo pobre, ninguém pode gostar disso”.
O ministro ainda  defendeu a reforma política no país, incluindo a diminuição do custo de uma eleição e restrição ao foro privilegiado para ajudar a combater a corrupção.