Últimas notícias

Dodge recorre de decisão de Gilmar Mendes que soltou ‘rei do ônibus’

Foto: Marcos Corrêa/PR
Foto: Marcos Corrêa/PR

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, recorreu nesta segunda-feira (4) da decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, de soltar o empresário Jacob Barata Filho, conhecido como “rei do ônibus” no Rio.
Mendes concedeu habeas corpus a Barata Filho nesta sexta (1º) – essa foi terceira vez que o empresário foi solto pelo ministro. Barata Filho tinha sido preso por decisão do Tribunal Regional Federal da 2ª Região em novembro, no âmbito da Operação Cadeia Velha.
O principal argumento de Dodge ao recorrer é que Mendes não tinha competência para julgar o pedido de habeas corpus feito pela defesa do empresário porque outros habeas corpus da operação tinham sido distribuídos anteriormente ao ministro Dias Toffoli, que se tornou o juiz natural do caso.