Últimas notícias

Em pouco mais de 1h, bandidos explodem quatro agências bancárias em Jaguarari e Araci




Dois ataques a banco foram registrados na madrugada desta quinta-feira (7), em duas cidade baianas. Por volta de 1h10, criminoso explodiram uma agência do Banco do Brasil e uma do Bradesco no distrito de Pilar, pertencente ao município de Jaguarari, no norte da Bahia. A quantia roubada não foi informada pela polícia, que fez buscas pela região, mas ninguém foi preso.
Moradores teriam sido feitos reféns durante a ação e liberados pelos bandidos em seguida. A informação ainda não foi confirmada oficialmente.

Madrugada de explosões, tiros e pânico também na cidade de Araci, região sisaleira do estado, que fica a cerca de 260 quilômetros de Jaguarari. Uma quadrilha, com cerca de 22 criminosos, também explodiu duas agências na cidade, por volta das 2h40. De acordo com a Polícia Militar, o grupo estava armado com fuzis, submetralhadoras e espingardas calibre 12. Há relatos de moradores que os bandidos tenham disparado vários tiros para o alto. 
O grupo usou muitos explosivos e danificou completamente as duas agências bancárias. O município também possui uma agência da Caixa Econômica Federal, mas esta não foi alvo dos criminosos, que ainda atiraram contra a sede da 3ª Companhia de Polícia Militar, mas ninguém ficou ferido.
Dois carros de passeio foram abandonados em frente à agência do Banco do Brasil, entre eles um Prisma, de cor branca, que foi queimado pelos criminosos, e um Renault Sandero, que teve os pneus furados. Conforme a PM, os criminosos fugiram em direção a região de Tapuio e Poço Grande, na zona rural do município.
A quantia roubada não foi informada pela polícia. Guarnições da PM fazem buscas pela região, mas ninguém foi preso até a publicação desta reportagem. A polícia ainda não sabe se há relação entre os ataques nas duas cidades.