Últimas notícias

O “sistema” quer trocar Temer por Rodrigo Maia?



Ninguém se surpreenda se Rodrigo Maia disputar a reeleição a Presidente da República – ainda nesta eleição de 2018. Tudo indica que o “Sistema” – que deseja Lula da Silva fora do jogo – também considera o Presidente Michel Temer uma “peça imediatamente descartável”. Na verdade, a situação de Temer é insustentável. “Rodrigo Maia Presidente” é uma realidade próxima, por substituição constitucional, e não pela via eleitoral.

A gravidade é tanta que o poderoso ministro Carlos Marun até ameaçou ontem deixar a Secretaria de Governo da Presidência com a ameaça de retornar ao Senado para processar e pedir o impeachment do supremo-ministro Luís Roberto Barroso. O histriônico Marun acusa Barroso de “crime de responsabilidade”, em função da pressão que exerce contra Temer. A queda dele seria  uma espécie de “contrapartida” para compensar a também inevitável detonação judicial de Luiz Inácio Lula da Silva – quase proibido de ser presidenciável porque está prestes a se tornar “presidiável”.

A ofensiva da Polícia Federal contra Temer e seus principais amigos pessoais e aliados, com plena autorização do Supremo Tribunal Federal, é a evidência viva de que existe um movimento para afastar Temer, antes do final deste mandato (que já é tampão). Assim, O presidente da Câmara assumiria o Palácio do Planalto e, como novo Presidente, o filho de César Maia poderia até disputar a reeleição presidencial pelo DEM. Por isso Rodrigo Maia já se lançou pré-candidato presidencial