Últimas notícias

Salvador é líder em criação de empregos formais no Norte e Nordeste

carteira de trabalho

Salvador é a capital do Norte e Nordeste que mais criou empregos formais na região em janeiro deste ano. De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, divulgados nesta segunda (5), foram registrados 775 novos postos com carteira assinada na cidade.
O número colocou a capital baiana na 7ª posição entre as capitais brasileiras que mais geraram ocupações nessa modalidade, atrás apenas de São Paulo com 5.565, Curitiba (3.582), Brasília (2.831), Belo Horizonte (2.095), Goiânia (862) e Florianópolis (818)
Entre os setores que mais se destacaram na criação de postos formais estão o de Serviços e Construção Civil. “O levantamento mostra mais uma vez aquilo que já confirmamos. O Salvador 360, principalmente através das ações do eixo Negócios, vem promovendo e estimulando o desenvolvimento do segmento imobiliário da cidade e em diversos outros setores da economia. O destaque na área de serviço mostra a força do segmento de hotelaria, que se desenvolve cada vez mais”, pontua o secretário municipal de Desenvolvimento e Urbanismo, Sérgio Guanabara.
Salvador ainda ocupa o 3ª lugar no ranking das capitais com o maior número de pessoas ocupadas nos mercados formal e informal. De acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – Contínua (Pnad-C) a capital baiana fica atrás apenas de São Paulo e Rio de Janeiro, com pouco mais de 1,5 milhão de ocupados formais e informais e uma taxa de desocupação de 13,6%, com queda de 2,9% no comparativo com o quarto trimestre de 2016