Últimas notícias

Vídeo: Após ter carro apreendido, lutador baiano ataca PMs em redes sociais

[Após ter carro apreendido, lutador baiano ataca PMs em redes sociais]

O lutador de MMA, Antônio Trócoli Filho, 27 anos, conhecido como “Malvado”, fez graves acusações contra policiais do 18º Batalhão da Polícia Militar, responsáveis pelo policiamento no Centro Histórico de Salvador. Em suas redes sociais, o atleta baiano afirma que os policiais são “corruptos” e que sofreu “ameaças”. Além disso, o lutador revela que os policiais “pediram dinheiro” durante uma abordagem.
Conforme informações obtidas pelo BNews, as acusações foram feitas após Trocoli, que conduzia um carro modelo Audi, de cor branca, ter sido autuado por policiais por “promover, na via, competição, eventos organizados, exibição e demonstração de perícia em manobra de veículo, ou deles participar, como condutor, sem permissão da autoridade de trânsito com circunscrição sobre a via”, artigo 174 do Código Brasileiro de Trânsito (CTB). A infração é considerada gravíssima. O fato teria ocorrido na Ladeira do Gabriel, no bairro de Dois de Julho, na segunda-feira (10).
Diante da suposta situação, policiais recolheram a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e apreenderam o veículo, removido por agentes da Superintendência de Trânsito do Salvador (Transalvador).
Após a apreensão, o lutador registrou o caso na corregedoria da Polícia Militar, e voltou a fazer declarações polêmicas em rede social. “Se você não quer ser polícia, não quer passar raiva, estude p****. Vá ser juiz, ou então vá ser lutador que nem eu, p****, mas quer ser polícia, ganhar pouco, tá f*****, e quer f**** os outros, c******”.
Incialmente, os policiais registraram o caso na Delegacia de Proteção ao Turista (DELTUR), depois na Corregedoria.