Últimas notícias

Oferta de gasolina nas redes sociais chega a R$ 8 o litro

Venda do produto fora dos postos de combustíveis e sem documentação é ilegal e pode acarretar em prisão

Reprodução: Internet
Reprodução: Internet

Com a greve dos caminhoneiros que assola o País desde segunda-feira (21), a gasolina passou a ser um item raro de desejo da população. A escassez do produto nos postos de combustíveis da Bahia vem causando a venda ilegal nas redes sociais.
Um anúncio publicado no Facebook por um internauta, que dizia ser de Itabuna, oferecia 20 litros de combustível por R$ 100.
Além deste anúncio na rede social, outros dois perfis da que se diziam também ser da Bahia, divulgavam a venda da gasolina no site OLX por valores que chegavam a custar R$ 8 o litro.
Em uma das publicações, a pessoa que tem como endereço o bairro de Cajazeiras, em Salvador, afirma que tem um estoque com 300 litros de combustível. “Nessa greve de gasolina não deixe de abastecer seu carro. Tenho gasolina de boa qualidade”, escreveu o anunciante na descrição do produto, que ainda divulgou o número de celular para contato.
A venda da gasolina fora dos postos de combustíveis é proibida pela Agência Nacional de Petróleo (ANP). Para comercializar o produto, é necessário um alvará da prefeitura e licença ambiental. Qualquer outra forma de venda do combustível pode resultar em prisão.