Últimas notícias

Delegado rejeita rótulo de herói para a PF: ‘Nós só fazemos o nosso trabalho’

Delegado rejeita rótulo de herói para a PF: ‘Nós só fazemos o nosso trabalho’
Foto: Joilson César / Ag. Haack / Bahia Notícias
O diretor-regional da Associação de Delegados da Polícia Federal na Bahia (ADPF-BA), RonyJosé Silva, refutou o rótulo de herói à corporação, durante Simpósio Nacional de Combate à Corrupção, no shopping Barra, em Salvador.

“Nós recusamos esse título de heróis. Nós só fazemos o nosso trabalho. Por exemplo, estamos homenageando o juiz federal Sergio Moro, mas não é por ele significar um herói, mas porque ele prestou relevantes serviços à sociedade e à Polícia Federal”, afirmou, ao Bahia Notícias.

Rony também negou que a Operação Lava Jato seja seletiva. “Toda vez que a PF começa uma investigação, começa investigando um fato. Não busca CPF, a pessoa, mas vamos bater na pessoa porque o crime é cometido pela pessoa. Se a pessoa é ligada ao governo, nós vamos ser condenados por ser polícia que quer derrubar governo. Se batemos na oposição, somos acusados de polícia de governo”, justificou.