Últimas notícias

Fachin autoriza acesso da Comissão de Ética da Presidência a inquérito que investiga Temer


O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Edson Fachin, autorizou o acesso da Comissão de Ética Pública da Presidência da República ao inquérito da Odebrecht que investiga o presidente Michel Temer e os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e Minas e Energia, Moreira Franco.
Na ação, as delações de executivos da empreiteira apontam que os integrantes do grupo político liderado elos emedebistas teria recebido verba ilícita da empreiteira em troca de atendimento de interesses da empresa pela Secretaria de Aviação Civil.
O inquérito foi aberto em abriu de 2017, após delatores terem relatado um pedido de R$ 10 milhões durante um jantar no Palácio do Jaburu, onde residia o então vice-presidente Michel Temer, e de mais R$ 4 milhões que teriam sido solicitados por Moreira Franco em outra ocasião