Últimas notícias

Crime fútil: suspeito de matar homossexual com faca após discussão é preso

O homem acusado de matar o cabeleireiro Plínio Henrique de Almeida Lima, 30 anos, na noite de sexta (21/12), na Avenida Paulista, em São Paulo, foi preso na terça-feira (25/12). A vítima foi assassinada com uma facada após revidar ofensas desferidas por dois homens. A suspeita é que o crime foi motivado por homofobia.
O acusado, Fuvio Rodrigues de Matos, 32, confessou o homicídio e foi detido em um hotel, no bairro do Paraíso, onde trabalhava. O caso foi registrado como homicídio qualificado por motivo fútil no 78º Delegacia.