Últimas notícias

Homem cava túnel para espionar a ex-mulher e fica preso por 24h


Um mexicano, de 50 anos, ficou preso por 24h em um túnel cavado por ele para espionar a ex-mulher, de 58 anos. O caso ocorreu na cidade de Puerto Peñasco, em Sonora (México), na última quinta-feira (25). Segundo a mulher, os dois se relacionaram por 14 anos, mas ela decidiu terminar pelo ex companheiro ser muito ciumento.

Segundo informações do jornal “El Universo”, a intenção do homem era que o túnel chegasse até o interior da residência, onde ele pretendia flagrar a mulher com algum novo parceiro.
Durante uma semana, a mulher escutou os ruídos da “obra” do ex, mas pensou que eram gatos no quintal. Contudo, o barulho ficou mais forte e ela decidiu sair da casa para investigar o que estava acontecendo. Assim, a mulher deparou-se com o buraco e alguns itens (sapatos e duas facas) que identificou como objetos do ex.
Ela acionou a polícia, que chamou os bombeiros para resgatarem o homem. Ele, por sua vez, se recusou a sair e precisou ser retirado à força. Com sintomas de desidratação grave e provável intoxicação, o homem foi levado a um hospital, mas teve prisão preventiva decretada por invasão a domicílio e responderá também por violar a ordem de restrição.