Últimas notícias

Natura anuncia compra da Avon e se torna 4ª maior empresa do segmento de beleza

A Natura confirmou a aquisição da americana Avon em uma operação de troca de ações. O negócio deu origem a uma nova holding brasileira, a Natura &Co. Juntas, as duas empresas formam o quarto maior grupo exclusivo de beleza no mundo em valor de faturamento líquido, informam em comunicado.
Os acionistas da Natura &Co ficarão com 76% da companhia, enquanto os acionistas da Avon terão 24%. O grupo combinado terá valor de US$ 11 bilhões (R$ 44,2 bilhões). Nesta quarta-feira (22), o jornal Financial Times informou que a transação seria de US$ 2 bilhões (mais de R$ 8 bilhões). O valor da negociação não foi divulgado.
Com a operação, as companhias passam a ter faturamento anual superior a US$ 10 bilhões (R$ 40,2 bilhões), mais de 40 mil colaboradores e presença em cem países. Durante o dia, as ações das duas empresas subiram e fecharam em alta. A Avon encerrou esta quarta com valor de mercado de US$ 1,6 bilhão (R$ 6,4 bilhões). A Natura vale R$ 26,7 bilhões.
A companhia brasileira espera que a associação dos negócios resulte em sinergias estimadas entre US$ 150 milhões (R$ 603 milhões) e US$ 250 milhões (R$ 1 bilhão) por ano. Os recursos serão parcialmente reinvestidos na empresa para aumentar sua participação nos canais digitais e mídias sociais, em pesquisa e desenvolvimento, iniciativas de marca e expansão da presença geográfica do grupo.
O negócio confirma a intenção de expansão da Natura. Em 2018, a empresa já havia anunciado planos de expansão neste ano na América Latina. Em nota à imprensa, o presidente-executivo do conselho da Natura, Roberto Marques, disse que a aquisição significa um passo para construir um grupo global e multimarcas.