Últimas notícias

"Não desejo mal", diz mãe de irmãos mortos sobre Kátia Vargas; médica pode ir a novo julgamento

Medina
"Não desejo mal a ela, mas que seja responsável pelo que fez. Ela jogou o carro em cima de meus filhos e não aceito isso". Estas foram as palavras de Marinúbia Gomes sobre a médica oftalmologista Kátia Vargas, acusada de ter ocasionado o acidente que matou seus filhos, Emanuel e Emanuele, mortos em acidente após uma discussão no trânsito, em 2013.
Após ser adiado duas vezes, o julgamento que analista se o júri popular que absolveu a médica será, ou não, anulado, acontece nesta quarta-feira (7/8), no Trubunal de Justiça da Bahia. A depender do resultado, Kátia Vargas poderá enfrentar um novo julgamento.
Essa foi a segunda vez, no mês de julho, que a Corte cancela o julgamento que, a princípio, aconteceria no dia 17 e, posteriormente, foi remarcado para o dia 31 de julho. Diante do fato, a nova data marcada é esta quarta-feira (07/08).
Veja a reportagem: