Últimas notícias

Após boatos de volta da CPMF, Secretário da Receita é exonerado do cargo do Ministério da Economia

Medina
O secretário geral da Receita Federal, Marcos Cintra, foi exonerado do cargo nesta quarta-feira (11/9). A decisão foi divulgada pelo Ministério da Economia e o auditor fiscal José de Assis Ferraz Neto assume o cargo.
No twitter, Bolsonaro comentou a decisão: "TENTATIVA DE RECRIAR CPMF DERRUBA CHEFE DA RECEITA. Paulo Guedes exonerou, a pedido, o chefe da Receita Federal por divergências no projeto da reforma tributária. A recriação da CPMF ou aumento da carga tributária estão fora da reforma tributária por determinação do Presidente".
Em nota, a pasta disse ainda que "não há um projeto de reforma tributária finalizado". A exoneração ocorre um dia depois da divulgação de uma proposta de reforma onde o governo brasileiro planeja começar a cobrar imposto de 0,4% em transações de saques e depósitos em dinheiro. 
Por se tratarem de cobranças em transações, o imposto está sendo comparado à Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), extinto em 2007.O Ministério da Economia disse que "a equipe econômica trabalha na formulação de um novo regime tributário para corrigir distorções, simplificar normas, reduzir custos, aliviar a carga tributária sobre as famílias e desonerar a folha de pagamento".
"A proposta somente será divulgada depois do aval do ministro Paulo Guedes e do presidente da República, Jair Bolsonaro", ressalta a nota. Q