Últimas notícias

Carga com 35 toneladas de produtos é apreendida em Salvador; Receita suspeita de falsificação

Medina

Uma carga de 35 toneladas de produtos de origem chinesa foi apreendida no Porto de Salvador pela Receita Federal, informou nesta quinta-feira (5/9) o órgão. A estimativa é que o valor seja de R$ 10 milhões. 

Os contêineres foram previamente selecionados pela equipe de vigilância da Alfândega do Porto para verificação física a partir de técnicas de análise de risco utilizadas pela Receita Federal. De acordo com os fiscais, chamou a atenção o fato de que a importadora era uma empresa de São Paulo que não possuía filial em Salvador.

A documentação dizia que apenas capas de celular estavam sendo transportada. No entanto, na carga, além de outros acessórios de celular, também foram encontrados equipamentos para tratamento estético sem autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e escovas modeladoras. A Receita acredita que os produtos são falsificados.

Uma amostra dos produtos apreendidos será encaminhada para os proprietários das marcas atestarem a não autenticidade. Em peso, é a maior apreensão da Receita Federal na Bahia nos últimos 10 anos, trazida por uma única empresa.