Últimas notícias

Cinco desembargadores e juiz baianos são afastados do TRT por determinação do CNJ


O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) optou pelo afastamento, nesta terça-feira (24/09), dos desembargadores Norberto Frerichs, Adna Aguiar, Pires Ribeiro, Esequias Oliveira e Graça Boness, e do juiz Thiago Barbosa de Andrade, do Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT-BA), que são investigados na Operação Injusta Causa. Eles sãosuspeitos de participar de um esquema de venda de sentenças e favorecimento de réus em processos na Justiça do Trabalho.

De acordo com o Bahia Notícias, o presidente do CNJ e do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, se declarou impedido de julgar o caso, mas não explicou as razões. Já o ministro Luiz Fux votou pelo afastamento e argumentou que a Magistratura “exige essa aura de nobreza, de rigidez moral, de caráter, de postura”. “Juiz suspeito não pode exercer a judicatura”, frisou.

O conselheiro Luciano Frota também defendeu o afastamento e acredita que havia “risco dos desembargadores atrapalharem a investigação” se continuassem nos cargos.