Últimas notícias

Adolescente de 12 anos confessa ter matado vizinha de 9; criança estava pendurada em árvore


Um adolescente de 12 anos confessou ter matado a vizinha dele, Raíssa Eloá Caparelli Dadona, de 9 anos. Em depoimento na sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em São Paulo, nesta terça-feira (1º), o jovem afirmou que agiu sozinho. Segundo o G1, o adolescente foi ao local acompanhado pelos pais e os policiais o descreveram como “frio”.

O corpo da criança foi encontrado suspenso pelo pescoço, pendurado em uma árvore, no domingo (29), no Parque Anhanguera. A menina foi submetida a exame sexológico, para descobrir se antes da morte ela foi violentada sexualmente. Antes do crime, o adolescente e Raíssa foram flagrados andando juntos na rua onde moravam, por imagens de câmeras de segurança de um estabelecimento.

A polícia ainda explicou que, no dia do crime, quem informou sobre a localização do corpo para a administração do parque foi o adolescente. Ao chegar em casa, ele teria contado à mãe que tinha cometido o crime. Em outro depoimento à polícia, no entanto, ele mudou a versão dos fatos e afirmou que tinha sido forçado a cometer o crime por um homem que estava armado com uma faca.

A Justiça já determinou a apreensão do adolescente e ele deve conversar sobre o caso com promotores do Departamento de Infância e Juventude do Ministério Público (MP). Em seguida, deve ser levado para uma das unidades da Fundação Casa.