Últimas notícias

Vereador é agredido com soco no rosto por colega na Câmara de Simões Filho


O vereador Luciano Almeida, de Simões Filho, divulgou nas redes sociais que foi agredido pelo colega Adailton Caçambeiro durante uma reunião na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal. De acordo com o edil, a confusão ocorreu por conta do seu projeto Gabinete Intinerante, que fiscaliza as obras realizadas na cidade.

“O vereador Adailton Caçambeiro, no dia 15/10/2019, ao me encontrar nas ruas da cidade com minha equipe, nos abordou com palavras ofensivas, iniciando uma discussão, pois estávamos acompanhando e fiscalizando a realização de obras de infraestrutura na cidade”, relatou Almeida, que continuou.

“Após esse episódio, na manhã da quarta-feira (16/10/2019), durante reunião da CCJ – Comissão de Constituição e Justiça, dentro da Câmara Municipal de Simões Filho, na presença de outros vereadores, membros da comissão, bem como do Presidente da Câmara, vereador Orlando de Amadeu, o vereador Adailton Caçambeiro, de maneira covarde, agindo de surpresa, sem que eu ao menos esperasse, até porque não houve qualquer discussão no dia do fato, se levantou e me agrediu fisicamente com um soco no meu rosto, causando grave lesão no meu olho esquerdo com principio de vazamento, sendo contido por demais colegas vereadores”, denunciou o vereador, que prestou queixa na 22ª Delegacia Territorial e prometeu levar o caso ao Conselho de Ética da Casa Legislativa.

O Informe Baiano entrou em contato com o vereador Adailton Caçambeiro. De forma ríspida, o político afirmou que “não tenho nada a declarar” e desligou o telefone. Já o presidente da Câmara de Simões Filho, Orlando de Amadeu, não atendeu as chamadas, nem respondeu as mensagens via WhatsApp.