Últimas notícias

Xuxa detalha primeira vez em que foi abusada na infância


A apresentadora Xuxa Meneghel, 56 anos, revelou nesta segunda-feira (25), a primeira vez que ela foi abusada sexualmente, quando ainda tinha 4 anos, cometido por um parente. A declaração da artista foi dada na sua coluna, publicada no site da Vogue Brasil.

Xuxa revelou que se recorda de um cheiro de álcool vindo de alguém, uma barba que machucava o seu rosto e algo que foi colocado em sua boca. “Acordei dizendo que alguém tinha feito xixi na minha boca e meus irmãos disseram que eu tinha sonhado. Essa foi minha primeira experiência com abuso sexual, que, diga-se de passagem, eu não me lembro direito, mas existiram outros casos…”, contou.

A apresentadora ainda contou que foi abusada por pessoas de confiança da sua familia, dos 4 aos 13 anos. “Me lembro que andávamos de Kombi… Nós crianças íamos atrás. Eu tinha 5 ou 6 anos e os mais velhos eram pré-adolescentes, primos de segundo grau e amigos muito próximos da família. Sentia tocarem em mim, colocavam o dedo, doía, não sabia distinguir o que sentia, por isso não chorava e nem reclamava com ninguém sobre o acontecido. Essa mesma pessoa vinha ao Rio quando eu já tinha entre 9 e 10 anos, e, quando a família dormia, colocava seus dedos por debaixo dos lençóis e me tocava. Nesse tempo, esse parente distante já era um adolescente e sempre que podia me tocava. Por que eu não gritava, não chorava? Não sei!”, desabafou.

Ela também descreveu momentos de terror que viveu na escola, aos 11 anos, com um professor de matemática que atendia pelo nome de Mauricio que teria abusado dela e afirmava que se ela contasse a alguém, ninguém iria acreditar pois segundo ele a palavra de professor sempre ganha.

Xuxa ainda explicou que não sabia por que não gritava enquanto era abusada. “Nós geralmente não queremos falar, porque é feio, porque não é certo, porque aprendemos que sempre tem que ter um culpado numa situação como essa. E é claro que nos sentimos culpados, eu me sentia culpada apenas por existir”, relatou.

A apresentadora declarou que até hoje sofre com as consequências desses abusos, uma delas é a mania de limpeza.