Últimas notícias

Mãe e bebê morrem durante trabalho de parto em hospital de Paulo Afonso


Uma mãe e um bebê morreram, no último domingo (2), após durante trabalho de parto no Hospital Nair Alves de Souza, no município de Paulo Afonso, no norte da Bahia. A família acusa o médico de negligência.

De acordo com informações enviadas por familiares, Edilane Rocha da Silva, de 28 anos, estava indo a unidade de saúde desde a última quinta-feira (28) para receber o bebê, mas não conseguia ser internada. No domingo (1°), retornou ao local e finalmente conseguiu a vaga. No entanto, na tarde da última segunda-feira (2), por volta das 14 horas, ela veio a óbito, após complicações.

De acordo com depoimento emocionada de Edilene Rocha, mãe da vítima, a gestante informou que estava passando mal, porém foi tratada com descaso pelo médico e enfermeira.

“Ela disse: ‘mãe, eu to passando mal. Eu não estou enxergando, estou ficando cega’. Eu gritei a enfermeira e ela veio falando que é normal, que todo mundo que vai parir tem eclampsia. Eu disse que não era normal. Aí eu falei: ‘doutora, chama o médico’ e ela, quando viu que eu estava certa, chamou o médico. Eles ficaram mexendo pra lá e pra cá e quando falei que minha filha estava morrendo, o médico disse: ‘você não sabe de nada, não é médica'”, disse.

No vídeo obtido pelo Varela Notícias, dona Edilene lamentou a morte da filha e reforçou que desde quinta que tem buscado a internação da filha, que tinha 9 meses e 10 dias de gestação.

“Agora está aí meus dois netinhos sem mãe. É muito assistir sua filha morrer sem poder fazer nada”. E completou. “Foi quinta, sexta, sábado e somente no domingo que internaram ela”, desabafou Edilene.

O Hospital Nair Alves de Souza, gerenciado pela Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), tem sido alvo de diversas críticas de moradores locais por conta da qualidade dos serviços prestados e falta de estrutura.