Últimas notícias

Serrinha: Quatro candidatos com patrimônio acima de R$ 300 mil receberam auxílio emergencial

 


O Tribunal de Contas da União (TCU) divulgou na sexta-feira, 6, a relação dos candidatos com patrimônio superior a R$ 300 mil e que receberam o Auxílio Emergencial do Governo Federal. O Portal Cleriston Silva - PCS - apurou que na cidade de Serrinha quatro candidatos que disputam os cargos de prefeito e vereador receberam o benefício de forma irregular, tendo todos declarado possuírem patrimônio acima de R$ 300 mil.

Para receber o auxílio, o beneficiário precisa confirmar no ato de inscrição que não está recebendo benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou outro programa de transferência de renda federal, com exceção do Bolsa Família. Ele precisa confirmar também que não recebeu, em 2018, rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70.

Entre os candidatos que receberem o benefício do governo federal mesmo tendo renda superior ao permitido por lei está a candidata ao cargo de chefe do executivo de Serrinha, Helena Rodrigues (Avente). Ela declarou à justiça eleitoral ter um patrimônio que supera R$ 800 mil. Os itens de maior valor declarados por ela são dois prédios no valor de R$ 300 mil cada. Helena é comerciante, tem 66 anos e está na lista por ter recebido uma cota de R$ 600 do Auxílio Emergencial.

Concorrendo a uma vaga na Câmara de Vereadores pelo Podemos, Rejane de Cássia Cardoso Silva de Almeida, conhecida na urna como Tia Rege, é outra inscrita nas eleições de 2020 que aparece na relação divulgada pelo TCU como beneficiária irregular do Auxílio Emergencial Residual. Ela tem um patrimônio declarado de mais de R$ 1 milhão e recebeu a quantia de R$ 300 do auxílio. O bem de maior valor declarado pela candidata é um imóvel residencial de R$ 1 milhão em Serrinha. Ela tem 55 anos e é dona de casa.

Na lista do TCU também aparece a candidata a vereadora pelo Partido Liberal (PL), Hariucha Souza Vitório, que embolsou R$ 300 do auxílio destinado principalmente aos trabalhadores que perderam o emprego por conta da pandemia da Covid-19. Hariucha declarou à justiça eleitoral mais de R$ 473 mil em bens, entre terras, empresas e moto. Ela tem 36 anos e atua como esteticista.

Outro caso na lista é do candidato Adans Maciel França (Republicanos), que busca um cargo de vereador. Ele declarou ao TSE patrimônio de R$ 330 mil, sendo um imóvel residencial no valor de R$ 250 mil, um carro de R$ 40 mil e uma moto de R$ 40 mil. Segundo o TCU, o candidato foi agraciado com o valor de R$ 600 do Auxílio Emergencial. Adans é advogado e tem 35 anos.

A decisão de divulgar os nomes dos indivíduos que receberam indevidamente o benefício reservado aos trabalhadores afetados pela pandemia partiu de Bruno Dantas, ministro do TCU. No despacho, o ministro ressaltou que, considerando as providências já tomadas pelo Ministério da Cidadania sobre os casos identificados, entende que "as informações contidas nas referidas listas são de interesse público e devem ser levadas ao conhecimento da população".

"Tais informações são cruzamentos de bases de dados públicas, disponíveis ao público em geral. Os dados dos candidatos estão disponíveis no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e os dos beneficiários do auxílio estão no Portal da Transparência. Por essa razão, não vislumbro violação aos direitos individuais dos candidatos na divulgação das listas", pontuou. O ministro determinou apenas a supressão dos CPFs. (Clique aqui para ver a lista completa do TCU)

O auxílio emergencial é um benefício instituído no Brasil através da Lei 13.982/2020, que prevê o repasse de 600 reais mensais a trabalhadores informais e de baixa renda, microempreendedores individuais e também contribuintes individuais do Instituto Nacional do Seguro Social; para trabalhadoras com filho, o valor pode chegar aos R$1.200. Em setembro, o Auxílio emergencial foi prorrogado até dezembro com parcelas com a metade do valor original.

Em 13 municípios da região do Sisal, há pelo menos um candidato na lista divulgada pelo Tribunal de Contas da União. São eles:


ARACI

Candidato a vereador: Fernando Góes Lima

Nome de urna: Fernando do Sem Freio

Partido: PSD

Ocupação: Agricultor

Patrimônio declarado: R$ 813.282,70

Auxílio emergencial recebido: R$ 300,00


BIRITINGA

Candidato a vice-prefeito: Esio de Souza Figueiredo

Nome de urna: Esio do Abatedouro

Partido: PC do B

Ocupação: Empresário

Patrimônio declarado: R$ 1.500.000,00

Auxílio emergencial recebido: R$ 600,00


CANDEAL

Candidato a prefeito: Domingos Borges Pereira

Nome de urna: Tio Louro

Partido: PT

Ocupação: Corretor de Imóveis, Seguros, Títulos e Valores

Patrimônio declarado: R$ 365.000,00

Auxílio emergencial recebido: R$ 300,00


Candidato a vereador: Maria Gidenilza Silva do Sacramento

Nome de urna: Denis Silva

Partido: PT

Ocupação: Astrônomo

Patrimônio declarado: R$ 305.000,00

Auxílio emergencial recebido: R$ 300,00


CANSANÇÃO

Candidato a vereador: Vivaldo Ferreira da Silva

Nome de urna: Vi do Canário

Partido: PT

Ocupação: Comerciante

Patrimônio declarado: R$ 305.000,00

Auxílio emergencial recebido: R$ 600,00


CONCEIÇÃO DO COITÉ

Candidato a vereador: Gustavo Luna da Silva

Nome de urna: Gustavo da Cesta do Povo

Partido: PSL

Ocupação: Administrador

Patrimônio declarado: R$ 360.000,00

Auxílio emergencial recebido: R$ 600,00


MONTE SANTO

Candidato a vereador: Rogério Ferreira Pinto

Nome de urna: Rogério do Josá

Partido: PSC

Ocupação: não declarada

Patrimônio declarado: R$ 475.000,00

Auxílio emergencial recebido: R$ 300,00


Candidato a vereador: Cleilson Andrade Matos

Nome de urna: Cleilson do Muquem

Partido: DEM

Ocupação: não declarada

Patrimônio declarado: R$ 330.000,00

Auxílio emergencial recebido: R$ 300,00


NORDESTINA

Candidato a vereador: Vera Regina Góes Pereira

Nome de urna: Vera Góes

Partido: PSD

Ocupação: Empresária

Patrimônio declarado: R$ 1.055.000,00

Auxílio emergencial recebido: R$ 300,00


QUEIMADAS

Candidato a vereador: Djalma Ferreira de Sena

Nome de urna: Djalma Sena

Partido: Republicanos

Ocupação: Comerciante

Patrimônio declarado: R$ 300.000,00

Auxílio emergencial recebido: R$ 300,00


QUIJINGUE

Candidato a vereador: Alessandro Alves de Passos

Nome de urna: Sandro do Posto

Partido: PL

Ocupação: Empresário

Patrimônio declarado: R$ 870.500,00

Auxílio emergencial recebido: R$ 300,00


SANTALUZ

Candidato a vereador: Jovanilton Neto da Silva

Nome de urna: Jovanilton do Pereira

Partido: PT

Ocupação: Agricultor

Patrimônio declarado: R$ 695.400,00

Auxílio emergencial recebido: R$ 600,00


TEOFILÂNDIA

Candidato a vereador: Nailton Pereira da Silva

Nome de urna: Obreiro Nailton

Partido: Republicanos

Ocupação: Comerciante

Patrimônio declarado: R$ 660.000,00

Auxílio emergencial recebido: R$ 600,00


TUCANO

Candidato a vereador: Marcos Antônio Ribeiro Campos

Nome de urna: Marcos Campos

Partido: PC do B

Ocupação: Agrônomo

Patrimônio declarado: R$ 624.000,00

Auxílio emergencial recebido: R$ 600,00


VALENTE

Candidato a prefeito: Roberto Ramos

Nome de urna: Ramos

Partido: PL

Ocupação: Empresário  

Patrimônio declarado: R$ 870.000,00

Auxílio emergencial recebido: R$ 300,00


Candidato a vereador: João José de Oliveira Silva

Nome de urna: Guiu da Valilândia

Partido: Podemos

Ocupação: não declarada

Patrimônio declarado: R$ 326.672,00

Auxílio emergencial recebido: R$ 300,00