Familiares estão a procura do motorista de aplicativo onde o carro foi encontrado em Lamarão no mês de abril - PORTAL FERRAZ E O POVO

Últimas notícias

Familiares estão a procura do motorista de aplicativo onde o carro foi encontrado em Lamarão no mês de abril






 familiares de edvan anunciação  de Almeida. 47 anos, continuam a procura do paradeiro dele. Ele está desaparecido desde 17 do mês de abril deste ano e o carro foi encontrado dois dias depois do desaparecimento na zona Rural do município de Lamarão na região sisaleira. O carro estava com marcas de perfurações provocadas por arma de fogo e também tinha manchas de sangue.


Policiais da Delegacia Territorial de Lamarão com apoio de investigadores da 15ª Coordenadoria da Polícia Civil de Serrinha, estão investigando o caso, já que o carro da vítima foi encontrado na região de Serrinha. Mas, ele saiu na manhã de sábado do município de Anguera, local onde reside e avisou aos familiares que estava indo para Feira de Santana trabalhar no aplicativo de passageiro.


Nívia Teia da Silva Correia de Almeida, esposa do motorista contou que desde primeiro dia que ele desapareceu que a família não para pela sua procura e que não sabem o que aconteceu. “No sábado pela manhã ele me falou que estava indo para Feira de Santana trabalhar pelo aplicativo para transportar passageiros”.


“O último contato que tive com ele foi ainda no sábado por volta das 10 horas da manhã”. Ele falou que estava indo na Claro colocar um pacote no celular, não tivemos contato no domingo e na segunda-feira, recebemos informações que o carro dele teria sido encontrado na zona Rural de Lamarão. Depois dessas informações, todos ficaram desesperados, eu fui até a Delegacia de Anguera registrei o Boletim de ocorrência, meu enteado que é filho dele e estava em Serrinha foi até a delegacia de lamarão e passou a acompanhar”.


Nívia continua: “O irmão dele que mora em Salvador foi nos locais onde ele também frequenta quando está rodando pelo aplicativo e um frentista de um posto de combustíveis que conhece ele disse ao irmão que na noite de sábado (17) por volta das 23 horas ele abasteceu o carro e foi embora. Até hoje não tivemos mais nenhuma informação nem uma notícia sobre o paradeiro dele”, explicou a esposa da vítima.


Nívia Teia disse também, que vinha sempre está mantendo contato com a Polícia Civil de Serrinha, mas até o momento nenhuma notícia. Quando ligo, eles falam nada de novo, mas liguei hoje (ontem) e eles pediram que eu fosse lá que só poderia passar informações pessoalmente. Ai agendei para segunda-feira próxima. Mas, peço a quem tem informações dele que pelo amor de Deus entre em contato conosco”, finalizou Nívia.