Major da PM é preso após ser flagrado transando em quartel - PORTAL FERRAZ E O POVO

Últimas notícias

Major da PM é preso após ser flagrado transando em quartel



 Um major da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) foi preso, na última sexta-feira (18), após ser flagrado transando com uma mulher na academia da corporação, local onde ocorre o curso de formação dos novos oficiais. A cena foi flagrada por um tenente-coronel, que acionou a corregedoria e prendeu o major.


O policial só teve a liberdade provisória neste sábado (19), após audiência de custódia, informou o site Metrópoles. Segundo a decisão, o oficial está proibido de mudar de endereço sem prévio aviso e terá de comparecer a todos os atos do processo. 

O artigo 235 do Código Penal Militar, que versa sobre pederastia ou outro ato de libidinagem, detalha o crime como praticar, ou permitir o militar que com ele se pratique ato libidinoso, homossexual ou não, em lugar sujeito a administração militar.

A pena é de detenção de 6 meses a 1 ano, podendo ser agravada quando a conduta for praticada com concurso de duas ou mais pessoas e por oficial, ou por militar em serviço.