Advogado é atingido no olho por garrafa e acusa colega de profissão: “disse que não ia dar em nada” - PORTAL FERRAZ E O POVO

Últimas notícias

Advogado é atingido no olho por garrafa e acusa colega de profissão: “disse que não ia dar em nada”



 O advogado Danielson Brito ficou com 90% da córnea do olho esquerdo comprometida depois de ser atingido no rosto por uma garrafa. O agressor seria o colega de profissão Nilton Nunes Cardoso Júnior. O caso aconteceu na tarde de terça-feira (9), em um hotel em Buraquinho, Lauro de Freitas.

Segundo Brito, ele foi contratado por um condomínio para assumir o serviço jurídico do local e assessorar em um distrato com a empresa de Júnior, mas devido a impasses sobre multas e tempo de aviso prévio, os ânimos se exaltaram.

“Quando ele [Júnior] não tinha mais fundamento para debater, abandonou o diálogo e nos surpreendeu, jogando a garrafa no meu olho e perfurou a minha córnea. Ele não me socorreu e ainda disse que não daria em nada, ia ficar por isso mesmo. Agora corro o risco de perder a visão se inflamar”, afirmou Brito.

Ele disse que se sente “totalmente impotente”, pois jamais imaginou que seria vítima de um ataque feito por outro advogado. “Prestei queixa na 23ª Delegacia e fiz exame de corpo de delito. Acionei a OAB-BA para entrar com representação ética e disciplinar. Além disso, vou ajuizar uma ação criminal contra ele e outra indenizatória”, elencou o advogado. 

A Solutions Serv., empresa de Nilton Nunes Cardoso Júnior, enviou ao BNews um comunicado em que repudia as acusações de Brito e avisou que está tomando as medidas cabíveis na esfera civil e criminal. “Aguardamos o procedimento cabível com intento de esclarecer a verdade dos fatos, que nada tem a ver com o que está sendo propagado na mídia, cabe ressaltar que nem toda verdade é absoluta e que ela sempre possui dois lados”, acrescentou a Solutions Serv.