Rádio Web Ferraz

RÁDIO WEB FERRAZ

Últimas notícias

Câmara concede Título de Cidadão ao deputado Eduardo Bolsonaro

 A Câmara Municipal de Salvador realizou, nesta segunda-feira (18), conforme proposto pelo vereador Alexandre Aleluia (PL), uma homenagem ao Bicentenário da Independência do Brasil. Na sessão solene, a Casa fez a concessão do título de Cidadão de Salvador ao deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL), natural da cidade do Rio de Janeiro e eleito por São Paulo.

“A independência do Brasil não diz respeito apenas a um movimento político distante da população. A verdadeira independência do Brasil simboliza a conquista da liberdade concreta, aquela do cotidiano”, discursou Aleluia. Do ato realizado no plenário da Câmara Municipal de Salvador participaram o deputado federal João Roma, o ministro da Cidadania, Ronaldo Bento, o ex-deputado federal José Carlos Aleluia, os vereadores Sidninho (Podemos) e Cátia Rodrigues (UB) e o professor Higor Paiva.

Sobre as comemorações pelo Bicentenário da Independência, o vereador Alexandre Aleluia defendeu ainda que, “por isso, relembrá-la e festejá-la se mostra tão essencial: é preciso resgatar nossa liberdade concreta, a mais vilipendiada nos últimos meses por pequenos tiranos, que se valeram do poder para subjugar pessoas, refletindo nas suas ações a covardia de suas fraquezas pessoais”.

O ministro da Cidadania, Ronaldo Bento, destacou que “independência e cidadania, nos países soberanos, esses dois valores estão sempre juntos, garantindo ao povo a construção de uma vida digna, com autonomia e liberdade”, disse o ministro.

“Quando se fala em liberdade, é porque essa é a inspiração maior do povo brasileiro, e essa liberdade é fruto da nossa conquista, é fruto de querer olhar para frente e ver a Bahia de mãos dadas com o Brasil”, disse o deputado federal João Roma.

Vida adulta da nação

O professor Higor Paiva, em sua palestra, destacou que “se Portugal, na figura de Pedro Álvares Cabral, tirou-nos da infância, dando-nos um nome, uma fé e uma língua, podemos dizer que a atitude resoluta de Dom Pedro I do Brasil (ou melhor, Dom Pedro IV de Portugal) nos elevou à vida adulta. Foi o instante em que passamos a dirigir-nos a nós mesmos e assumimos as responsabilidades do nosso próprio destino”.

“Se esquecemos os nossos heróis, corremos o risco de esquecermo-nos de nós mesmos. Um homem que desconhece a história de seu país é um homem sem passado, sobrevivendo em um presente amorfo e com poucas perspectivas de um futuro notável”, disse Paiva.

Título de cidadão




Ao justificar a concessão da cidadania soteropolitana ao deputado federal Eduardo Bolsonaro, o vereador Alexandre Aleluia (PL) descreveu os aspectos barrocos da capital baiana, cujo povo tem profunda religiosidade e a veia irônica que, segundo destacou é personificada na figura do poeta Gregório de Matos (1636 – 1696).

“Eduardo Bolsonaro, assim como o presidente Jair Bolsonaro, representa essa característica do soteropolitano”, destacou Aleluia. Já o deputado João Roma disse que “a cidade de Salvador homenageia a chegada de mais um dos seus integrantes para ter aqui esse pertencimento”.

Eduardo Bolsonaro, em entrevista coletiva concedida antes do início da sessão, destacou a alegria e a satisfação por receber o título de cidadão, destacando sua amizade com o vereador Alexandre Aleluia, a quem já acompanhou também em visitas a cidades baianas de Juazeiro, Luís Eduardo Magalhães e Barreiras.