Últimas notícias

Foragida dá nome falso ao ser presa por tráfico


Policiais da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), de Vitória da Conquista, descobriram, na segunda-feira (21), que uma mulher presa, no dia 17 de agosto, sob o nome de Mayara de Jesus Santos, é na verdade Valdirene Cunha de Abreu, de 28 anos. Ela é foragida do Presídio de Teixeira de Freitas, onde cumpria pena de mais de 30 anos de prisão pela participação em um duplo homicídio e uma tentativa de homicídio.
A mulher e outros três comparsas foram presos, na semana passada, por policiais da DTE, dentro de um motel de Vitória da Conquista, com meio quilo de cocaína com pureza de até 99 por cento, conhecida como nine-nine. O grupo estava misturando bicarbonato à droga para fazê-la render mais a ampliar os ganhos com a venda. A DTE integra o Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco).