O PORTAL FERRAZ E O POVO AGRADECE A TODOS OS SEUS MAIS DE 20.500.115 ACESSANTES!

ATENÇÃO:

As imagens contidas no blog são de domínio público e/ou retiradas do Google. Se você, por algum motivo, sentir-se ofendido ou agredido com alguma imagem ou texto postados neste blog, entre em contato e a mesma, se este for o caso, será retirada. Caso a imagem seja sua, avise-me para que eu lhe credite a autoria.

Real CalçadosCrediário próprio e facilitado!

Real CalçadosCrediário próprio e facilitado!

sábado, 29 de abril de 2017

Preso com moto roubada em Tucano, jovem é encontrado morto na delegacia de Euclides da Cunha


Um detento identificado como Girlan Santos Santana foi achado morto na Delegacia da Polícia Civil de Euclides da Cunha, no fim da tarde desta sexta-feira (28), por volta das 17h30min, no momento em que seria solto, mediante o pagamento de fiança. Ele tinha 20 anos e havia sido preso na tarde de quinta-feira (27), por volta do mesmo horário, depois de ser flagrado pela Polícia Militar no distrito  de Rua Nova, interior do município  de Tucano, com uma moto roubada na quarta-feira (26), em Caldas do Jorro.
A informação foi confirmada ao Notícias de Santaluz pelo delegado Paulo Jason Mello Falcão, coordenador da 25ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Coorpin) e responsável pela região.
Segundo o delegado, Girlan estava com cerca de 30 presos em uma área de banho de sol da delegacia quando foi encontrado desacordado pelos detentos e policiais de plantão, que desconfiaram que havia algo errado após ele não responder o chamado para ser liberado.
Conforme Paulo Jason, o detento foi socorrido imediatamente para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade, mas teve o óbito confirmado por um médico plantonista.
Segundo o delegado, o corpo não apresentava nenhuma marca aparente de lesão. A causa da morte, no entanto, deverá ser apontada pela perícia. Um inquérito policial foi instaurado para apurar o caso.

Tucano: Empresário Araciense comete suicídio por enforcamento no Distrito de Jorrinho


________________________________
__________________________________________________________
O empresário, Celso Gonçalves Firmo, de 58 anos, foi encontrado morto na manhã desta sexta-feira dia (28/4) por volta das 9h40min, no distrito de Jorrinho, em Tucano. O corpo do mesmo se encontrava pendurado por uma corda no pescoço preso em uma arvore, as margens do rio Itapicuru.
Populares informaram ao site Gil Santos Notícias, que o empresário amanheceu o dia no distrito de Jorrinho, e por volta das 8h, passou em uma loja de material de Construção, onde comprou R$ 4,00 de corda e em seguida, saiu sem chamar a atenção.
Segundo informações de um irmão do comerciante, ele havia discutido com a esposa e um filho, na noite anterior, depois saiu para beber e resolveu ir para Caldas do Jorro, para esfriar a cabeça. “Ele discutiu com a família e depois saiu para beber e em seguida resolveu ir pro Jorro. E quando foi hoje, ficamos sabendo do acontecimento trágico, pelo radio”, relator um irmão da vitima.
Parentes e amigos do empresário, acreditam que ele tenha cometido o suicídio, por problemas familiares, já que em relação às finanças, Celso estava bem estruturado.
Natural do município de Teofilândia, Celso era muito conhecido na cidade de Araci, onde morava há vários anos e era proprietário dos supermercados Kaoma.
O corpo do comerciante foi periciado e em seguida, removido para o Instituto Médico Legal (IML), de Euclides da Cunha.

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Justiça condena filhos de ex-prefeito de São Gonçalo-BA por caluniar e difamar juiz

   

                    Justiça condena filhos de ex-prefeito de São Gonçalo-BA por caluniar e difamar  juiz



A Justiça de São Gonçalo dos Campos-BA condenou João Pedro Labriola Cardozo e Janaina Labriola Cardozo a 3 anos e dois meses e 20 dias de prisão, em regime aberto, e  122 dias -multa por crime de calúnia, injúria e difamação por ofensas à honra do então Juiz da Comarca, José Brandão Netto.


Segundo a sentença da juíza, Ely Esperon Miranda Rosa, os acusados, no dia 05 de outubro de 2015, na redes sociais Facebook e instagram "proferiram diversos ataques verbais contra o Juiz José Brandão, então titular da vara cível da Comarca.


As ofensas aconteceram porque o magistrado, atendendo a pedido do Ministério Público Estadual, em ação de improbidade administrativa, afastou das funções o então Prefeito da cidade, Antônio Dessa Cardoso, que, dias depois, conseguiu cassar a liminar do Magistrado no TJBA.


No processo, o ex-prefeito responde por improbidade administrativa por atos de corrupção e também foi denunciado, em outro processo, por ataques à honra do mesmo juiz.


Os acusados são filhos de Antônio Dessa Cardozo, ex-Prefeito da cidade.


Segundo a Juíza, o acusado João Pedro Labriola Cardozo, na redes sociais facebook e isatagran disse que o Juiz de São Gnçalo "era incorreto e incoerente.. notória a perseguição,. pré-julgamento e loucura de um juiz , que teve seu irmão também juiz, afastado dos poderes  por julgamentos incoerentes e por esquizofrenia. Imagino que algo de pessoal o motivou"


A segunda acusada
Janaina Labriola Cardozo  disse que o juiz era incoerente . . não seguia os princípios da magistratura, que o juiz tem histórico de atrair holofotes, tenta instaurar o caos na sociedade, assim como possui um histórico família de  com esquizofrenia"


Como os fatos imputados ao magistrado não aconteceram e foram mentirosos, os réus foram condenados nas penas dos crimes de calúnia, injúria    e difamação


O Código Penal prevê os crimes e as penas conforme abaixo:

Calúnia

Art. 138 - Caluniar alguém, imputando-lhe falsamente fato definido como crime:

Pena - detenção, de seis meses a dois anos, e multa.

Difamação

Art. 139 - Difamar alguém, imputando-lhe fato ofensivo à sua reputação:

Pena - detenção, de três meses a um ano, e multa.

Injúria

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro:

Pena - detenção, de um a seis meses, ou multa.



Como ambos os infratores foram condenado a uma pena menor que 4 anos, a juíza substituiu a pena de prisão por pena alternativa de prestação de serviço à entidade pública, consistente em trabalho gratuito no Hospital Local. Caso seja descumprida a pena alternativa ela pode ser convertida em pena privativa de liberdade (prisão).


A decisão ainda não é definitiva  e ainda cabe recurso para o TJBA.

Polícia baiana garante prisão do suspeito de participar do roubo do Paraguai

 O primeiro, jaqueta branca, é Paulo, ex PM (Paulo escopeta).                        
: São da região de Araci. Pedra alta?


Paulo César Alves Filgueiras, mais conhecido como “Paulo Escopeta”, foi preso na tarde desta quinta-feira (27), no Paraguai, na cidade de Capitã Bado. Com Paulo também foi preso Fernando Lumes, que é sobrinho e homem de confiança de Zé de Lessa, o criminoso mais procurado do estado da Bahia. Ambos são suspeitos de participação no maior assalto já registrado no país, quando foram levados U$ 120 milhões de uma transportadora de valores.
Segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), os bandidos só permanecerão presos por conta de um mandado de prisão, que a Polícia Civil da Bahia conseguiu e foi expedido pelo titular da 2ª Vara Crime de Eunápolis, juiz Heitor Awi Machado de Attayde. Paulo Escopeta, que é ex-policial, é considerado um dos maiores líderes criminosos e representante de uma organização de São Paulo, com ramificações na Bahia.
A polícia paraguaia não tinha provas suficientes para mantê-los detidos, conforme explicou o diretor do Departamento de Polícia do Interior, delegado Ricardo Brito. De posse do documento, a Polícia Federal Brasileira efetuará o cumprimento da prisão dos acusados. Na Bahia, as ações da dupla envolviam além dos assaltos a banco - entre eles o último praticado na agência do Banco do Brasil de Irecê - sequestros mediante extorsão.
Segundo o titular da 23 Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Eunápolis), delegado Moisés Damasceno, em um dos casos registrados esse ano naquele município, o grupo de Paulo Escopeta conseguiu extorquir R$ 250 mil, pagos pela família da vítima, um adolescente de 16 anos. E sob a acusação deste crime que eles permanecerão encarcerados à disposição da Justiça.
A dupla, que ainda se encontra no Paraguai, será apresentada em Ponta Porã, no Paraná, e logo será transferida para a Bahia onde irá responder a todos os crimes cometidos no estado. 

ODEBRECHT ENTREGA DOCUMENTOS QUE COMPROVAM IDA DE AÉCIO AO “JANTAR DA PROPINA”

Marcos Oliveira/Agência Senado
Ex-presidente da Odebrecht Marcelo Odebrecht entregou à força-tarefa da Operação Lava Jato o registro que comprova a entrada do veículo utilizado pelo senador e presidente nacional do PSDB, Aécio Neves (MG) no condomínio onde mora em 26 de maio de 2014, às 20h50; segundo o depoimento de Marcelo Odebrecht, na ocasião Aécio teria pedido R$ 500 mil para bancar gastos com a pré-campanha presidencial do tucano; "Pelo que me recordo foi no montante de R$ 500 mil, para bancar os gastos pré-campanha, sendo que coube a Benedicto Junior [ex-executivo da empreiteira]acertar os detalhes como estes pagamentos se dariam. Posteriormente, doamos de forma oficial para Aécio, por conta de sua campanha a presidente de 2014, aproximadamente R$ 5 milhões", disse

Delação de Palocci dana Lula e joga Lava Jato sobre bancos e fundos de investimento imobiliários


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Além de ferrar definitivamente com Luiz Inácio Lula da Silva, a quase certa delação premiada de Antônio Palocci Filho tende a ser danosa para alguns setores que ainda não experimentaram os rigores da Lava Jato. O ex-ministro da Fazenda e bem-remunerado consultor empresarial pode revelar segredos sobre como funcionava e quem operava a lavagem de dinheiro com doleiros em grandes bancos daqui e de fora. Palocci também pode explicar como os grandes fundos imobiliários também serviram de esquentação da grana desviada nos negócios das empreiteiras com “estatais” – que pagavam altas propinas a políticos.

Nenhuma novidade que Palocci possa colocar na roda do inferno o sistema financeiro tupiniquim. Ninguém desvia bilhões de dólares da economia nacional e das empresas estatais, levando a grana roubada embaixo do braço, na cueca ou em malas. Doleiros só agem se passarem pelos bancos daqui e lá de fora. É isso que a Lava Jato ainda precisa apurar e revelar detalhadamente: como acontece, de verdade, o esquema que lava e esquenta dinheiro? Quem são os personagens que fazem a “viagem” de verdinhas que vão e voltam “repatriados legalmente” ou através de simulacros de “Investimentos Diretos Estrangeiros”.

Outro ponto que merece uma apuração com lupa é como e de onde surgiu tanto dinheiro para irrigar Fundos de Investimentos Imobiliários. É fácil suspeitar que muito recurso ilícito foi usado para bancar obras. Nas grandes cidades, vários terrenos são incorporados da noite para o dia, prédios comerciais e residenciais (principalmente de alto padrão) são erguidos rapidamente, sem que haja demanda efetiva. A oferta de imóveis aumenta sem explicação lógica.

O fato grave é que os bancos – principalmente a Caixa - financiam esta farra que alimenta uma vergonhosa especulação imobiliária, nos últimos dez anos. O preço do metro quadrado atinge valores irreais. Temos uma bolha imobiliária? Em teoria sim, mas na prática, não. Muita grana roubada lá fora retornará, em breve, para ser esquentada, na aquisição, a qualquer preço, de preferência bem alto, dos imóveis construídos em excesso. Quem se ferra é o brasileiro honesto que não consegue recursos, facilmente, para adquirir a casa própria.

quinta-feira, 27 de abril de 2017

PREOCUPANTE: DUAS FACÇÕES DO CRIME SE ALIAM E AMEAÇAM INVADIR CEARÁ COM EXÉRCITO DE 500 "IRMÃOS"

A guerra das facções do crime no Ceará ganhou um novo capítulo nas redes sociais nas últimas horas. Após o acordo feito entre promotores de Justiça e membros da organização criminosa Guardiões do Estado (GDE), com o aval do Governo do Estado, para evitar novos atentados em Fortaleza, um “salve geral” (comunicado) foi dado conjuntamente pelos grupos Comando Vermelho (CV) e Família do Norte (FDN).

Os criminosos ameaçam invadir Fortaleza com um exército de 500 “irmãos” das duas facções, caso as autoridades locais não retirem de dentro do Presídio do Carrapicho, em Caucaia, cerca de 70 presos que seriam membros da GDE.

“Nós do Comando Vermelho e Família do Norte queremos só uma coisa de todos vocês (autoridades), que tirem esses GDE de perto de nós e mandem eles para as cadeias que eles dizem que são deles, no caso, a CPPL 2, a unidade do Torão do Juazeiro do Norte e o Olavo 2 (Presídio professor Olavo Oliveira 2). São essas as cadeias em que eles predominam, então joguem esses vermes pra lá”, diz o comunicado que está sendo espalhado pelas redes sociais.


Reforço?

E as ameaças continuam: “Nós queremos tirar nossa cadeia em paz e, caso vocês façam o que a GDE quer, iremos descer 500 irmãos nossos e juntar com os que têm aqui no Ceará. Aí o estado verá a força do Comando Vermelho e da Família do Norte. E se vocês gostam de guerra, podem ter a certeza que o Ceará viverá uma verdadeira guerra civil. E não pensem que nós vamos fazer que nem os GDE fizeram não (queimar ônibus, colégios, hospitais e etc), viu? Nós iremos atacar o ponto fraco de vocês”. E prossegue: “Caso precise de apoio de outros estados, nós iremos pedir e vamos botar pra gerar”. 

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e a Secretaria da Justiça e da Cidadania (Sejus) não se pronunciaram sobre o fato.

Esposa mata marido que arrancou genitália do filho com mordida

Uma mulher de Pernambuco matou o marido a facadas ao vê-lo atacando com mordidas a genitália do filho do casal que tem apenas dois anos. O caso aconteceu no bairro de Nova Descoberta, Zona Norte do Recife, na manhã desta quinta-feira (27). Grávida de cinco meses do terceiro filho do casal, a vendedora foi levada para a Central de Plantões. "Ele ficou dizendo que o diabo tava comendo a pitoca do meu filho. Era só o que ele queria fazer. Aí só veio isso na minha cabeça de pegar a faca. Ele estava segurando as pernas e os braços da criança e eu enfiei a faca várias vezes", contou ela ao site TV Jornal. 
A polícia ainda analisa a autuação criminal da mãe, mas considera que o ato não teria conotação sexual. A filha da mulher presenciou o crime e prestou depoimento. A criança foi socorrida para o Hospital da Restauração e teve o órgão genital mutilado, sendo necessário passar por cirurgia. Os médicos tentaram fazer um procedimento vascular para manutenção do órgão sexual, mas não foi possível. O menino está em recuperação e o estado de saúde é considerado estável.

MP faz mudanças em lei de registro de nascimentos e casamentos

A MP está publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira, 27.
A MP está publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira, 27. (Agência Brasil)
O presidente Michel Temer editou a Medida Provisória 776/2017, que altera a lei dos registros públicos. As mudanças abrangem anotações relacionadas a nascimentos e casamentos. Entre outros pontos, a MP diz que "as certidões de nascimento mencionarão a data em que foi feito o assento, a data, por extenso, do nascimento e, ainda, expressamente, a naturalidade". 

Também estabelece que "a naturalidade poderá ser do município em que ocorreu o nascimento ou do município de residência da mãe do registrando na data do nascimento, desde que localizado em território nacional, cabendo a opção ao declarante no ato de registro do nascimento". A MP está publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira, 27.

Servidor que acumula cargo pode receber mais que o teto, decide STF

Prédio do Congresso é visto entre colunas do STF em Brasília.
Prédio do Congresso é visto entre colunas do STF em Brasília. (Reuters)
O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (27), por 10 votos a 1, mudar o entendimento sobre a incidência do teto salarial para servidores que podem acumular cargos efetivos.
De acordo com decisão, o cálculo do teto vale para cada salário isoladamente, e não sobre a soma das remunerações. Na prática, estes servidores poderão ganhar mais que R$ 33,7 mil, valor dos salários dos próprios ministros do Supremo, valor máximo para pagamento de salário a funcionários públicos.
A decisão da Corte também terá impacto no Judiciário e no Ministério Público, porque muitos juízes e promotores também são professores em universidades públicas, inclusive, alguns ministros do STF.
No julgamento, a maioria dos ministros decidiu que um servidor não pode ficar sem receber remuneração total pelo serviço prestado, se a própria Constituição autoriza a acumulação lícita dos cargos. De acordo com a Carta Manga, professores, médicos e outros profissionais da saúde podem acumular dois cargos efetivos no serviço público, desde que o trabalho seja realizado em horário compatível.
A Corte julgou dois recursos de servidores públicos do Mato Grosso. Nos dois casos, o governo do estado recorreu para tentar derrubar decisão da Justiça local que autorizou o corte isolado do salário com base no teto constitucional.
Votaram a favor da nova incidência do teto os ministros Marco Aurélio, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Celso de Mello e a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia.
O único voto contra a liberação do teto foi proferido pelo ministro Edson Fachin. Para o ministro, a garantia a constitucional da irredutibilidade dos salários não pode ser invocado para que o pagamento ultrapasse o teto constitucional.
Uns dos votos a favor da tese, o ministro Luís Roberto Barroso entendeu que é ilegal o servidor trabalhar e não receber integralmente seu salário, sendo que a acumulação dos cargos é autorizada. “É inconstitucional a Constituição, por emenda, dizer que um determinado trabalho legítimo, por ela autorizado, não vá ser remunerado", disse.
Ricardo Lewandowski também votou com a maioria e disse que, se servidor deve receber efetivamente pelo seu trabalho, não pode ter uma remuneração “ínfima ou irrisória”.
“A pessoa trabalha um quarto de século para o Estado, contribui para a Previdência Social, e depois, na hora de aposentar, não pode se aposentar integralmente, está sujeito ao teto. Evidentemente, isso não é possível do ponto de vista constitucional", disse o ministro.
No texto original da Constituição, a acumulação de cargos públicos era proibida. No entanto, uma Emenda Constitucional promulgada em 1998 autorizou a acumulação somente para professores e profissionais da saúde

TARIFA: Por que a CLN tem pedágio mais caro e é a única que cobra valor diferenciado nos feriados?


Motoristas e passageiros que trafegam pela BA-099, mais conhecida como Estrada do Coco, convivem, desde o ano 2000, com o famoso pedágio da Concessionária Litoral Norte (CLN). Considerado o mais caro da Bahia, ele ainda apresenta uma característica que o diferencia dos outros: preços mais elevados aos sábados, domingos e feriados.
De acordo com a assessoria da Agerba, agência estadual responsável pela regulação e fiscalização deste tipo de serviço, o chamado “subsídio cruzado” está previsto no contrato assinado com a empresa e é praticado em diversas rodovias do Brasil.
Há ainda, de acordo com o órgão, uma justificativa financeira para o fato. A tarifa cobrada durante os finais de semana e feriados, quando o fluxo de passageiros é maior, já que se trata de uma região turística, “patrocina” a arrecadada nos chamados dias úteis. Ou seja, caso a medida não fosse adotada, a tendência é que os valores cobrados nos “dias normais” fossem maiores do que os atuais.
Atualmente, 19 mil veículos trafegam, em média, pelo local. Confira abaixo tabela de preços. Os valores foram reajustados no último dia 19 de abril:

DCM: Judiciário blinda Aécio enquanto persegue Lula

:
"No futuro, quando os historiadores estudarem a Operação Lava Jato e seus desdobramentos, bastará comparar o tratamento judicial recebido por dois políticos de expressão nacional para verificar que houve dois pesos e duas medidas", escreve o repórter Joaquim de Carvalho; "Para um, Aécio Neves, tratado como amigo, tudo em benefício. Para outro, o ex-presidente Lula, tratado como inimigo, os rigores da lei ou, às vezes, só rigores, apesar da lei", exemplifica, em reportagem no DCM

HOMEM É PRESO 5ª Companhia COM DROGAS AINDA TINHA MANDO DE PRISAO EM TUCANO



OCORRÊNCIA: Trafico de Drogas
LOCAL: Estrada de Valilandia/Valente
DATA: 27/04/2017 ÀS 09:30

PESSOAS ENVOLVIDAS
Manasses Mota Santos, 29 anos

Material Apreendido: 01 pequeno tablete de maconha;08 dolões de maconha; 01 sacola plástica contendo substancia semelhante a cocaina; R$ 800,00 em espécie.

NARRATIVA DO FATO:
Uma guarnição de serviço da 5ª Companhia recebeu uma denuncia de que o indivíduo  conhecido por "Cabeludo" ou "Manathuca", estava se deslocando para cidade de Coite pela estrada da Valilandia e estava de posse de drogas. A guarnição deslocou e abordou o indivíduo próximo ao povoado de Valilandia e na abordagem foi encontrado a droga acima relacionada alem de R$ 800,00 em notas variadas, foi dada voz prisão e conduzido para delegacia de Valente para procedimentos cabíveis.

Ocorrência 213/2017Complementação da ocorrência: Após consulta,  constam em sistema Mandados de Prisão  por Trafico de drogas em Tucano e Receptação de veiculo  em Simões Filho.

quarta-feira, 26 de abril de 2017

BOCA DE ZERO NOVE - Policia confirma que crânio encontrado é da menina G...


A Polícia Civil informou que localizou o corpo de Gabrielly Gomes Santana, de sete anos, desaparecida há três meses, na cidade de Feira de Santana. Em coletiva realizada na manhã desta quarta-feira (26), a Polícia Civil informou que desvendou o caso através de exames feitos com a polpa do dente de um crânio encontrado no dia 14 de fevereiro, no bairro Feira Nove, e que comprovou ser da menina. O crânio estava queimado, jogado num terreno baldio.
A polícia disse que já tem uma linha de investigação e vai trabalhar agora pra prender o a pessoa que cometeu o homicídio. Ainda de acordo com a Polícia Civil, não serão revelados maiores detalhes sobre os suspeitos, para não atrapalhar a investigação.
A criança havia sido vista pela última vez no dia 21 de janeiro, no bairro Gabriela, e o paradeiro da menor era desconhecido desde então. Após o desaparecimento, a avó da garota, Maria da Glória Costa Gomes, contou que Gabrielly brincava sozinha, na porta de casa, quando sumiu. “Eu fiquei de olho nela, mas em um momento fui lavar o banheiro e disse: ‘não saia daí, não vá na casa de ninguém’. Quando saí na porta, não a encontrei e fui na casa das vizinhas que ela costuma brincar. Quando cheguei, as crianças estavam dormindo e, em algumas casas, a família nem estava. Foi aí que vimos que ela tinha desaparecido”, contou a avó. A avó morava com a menor desde que a criança tinha dois anos, porque a mãe da garota, Jeisa Costa Gomes, trabalha.
No fim de março, dois meses após o desaparecimento de Gabrielly, Jeisa concedeu entrevista afirmando ainda ter esperança de encontrar a filha viva. “A gente confia em Deus, esperando um milagre”, disse.


As próximas jogadas reformistas de Temer


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

No Brasil Capimunista-rentista, sob hegemonia do Crime Institucionalizado, em que a maioria esmagadora da politicagem é eleita através da compra de votos patrocinada pela pelo caixa dois da corrupção com dinheiro público, fica fácil compreender a fórmula nada mágica para conquistar, se manter e ampliar o poder no “troninho ococlástico” do Palácio do Planalto. O fundamental é negociar e evitar tensões com o Congresso, formando uma base cinicamente pragmática. Dilma Rousseff foi golpeada (levando o godfather $talinácio junto) porque, além de incompetente e radicalóide, não soube gerenciar este sistema. Michel Temer mostra que sabe...

Embora siga impopular – porque sua imagem é identificada como a de um “parceiro-traidor” do desgoverno Dilma -, Temer aparentemente segue bem sucedido na relação acomodada com o Congresso Nacional. Os objetivos reformistas do maridão da bela Marcela vão se tornando realidade. Mais rápido que o esperado – porque a politicagem tem pressa para sobreviver em tempos de Lava Jato -, Temer consegue aprovar, do jeito que dá, suas principais “reformas”: a das leis trabalhistas e a da Previdência Social. A primeira em ritmo acelerado. A segunda ainda vai render muita polêmica, pois mexe com grandes interesses corporativos arraigados no setor público.

Estrategicamente, a trabalhista é a mais importante para os grupos econômicos que sustentam Michel Temer. Motivo simples: as mudanças atacam o sistema de financiamento da velha máquina sindical que sustenta a petelândia e afins. O objetivo principal nesta “guerra particular” parece próximo de ser atingido: acabar com o famigerado Imposto Sindical. Realmente, não é justo obrigar o trabalhador a descontar um dia trabalhado por ano em favor de um sindicato que, na realidade prática, nem sempre lhe bem representa. Esta regra vai passando fácil na tramitação da reforma trabalhista no Congresso.

Os sindicalistas de resultado da petelândia alopram porque o plano “temerário” tem lances simbólicos de marketing. Ontem, em reunião histórica, a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo resolvei apoiar o fim da “Contribuição Sindical” compulsória. A Diretoria e os presidentes e delegados de sindicatos que compõem a Fiesp aprovaram por unanimidade que as entidades abram mão dessa receita “em nome da crença em um país mais eficiente e moderno”.

Um comunicado assinado pelo presidente da Fiesp, Paulo Skaf, aquele da campanha do “patinho Amarelo”, destacou: “Ao tomar essa decisão, a Fiesp se mostra coerente com sua luta contra tantos impostos, burocracia, paternalismo e Estado cartorial. O Brasil vive um momento que pede mudanças, para a construção de instituições e relações mais modernas. A hora é de meritocracia. A Fiesp mantém a coerência mesmo quando isso significa a redução de sua própria arrecadação”.
O Alerta Total já antecipou na segunda edição de ontem: Depois de aprovar as reformas trabalhista e da previdência, os estrategistas de Temer já articulam uma “surpresa” para 2018. O Presidente pretende liderar uma campanha em defesa de uma Assembléia Constituinte para reformular pontos obscuros da confusa Carta de 1988.

SENADO APROVA PROJETO DE ABUSO DE AUTORIDADE

Waldemir Barreto/Agência Senado
Por 54 votos a 19, o plenário do Senado aprovou na noite desta quarta-feira 26 o texto-base do substitutivo do senador Roberto Requião ao Projeto de Lei 85/2017, que define os crimes de abuso de autoridade; com o resultado, o projeto segue agora para análise pela Câmara dos Deputados; o texto foi aprovado por unanimidade nesta manhã na Comissão de Constituição e Justiça e seguiu para o plenário nesta tarde
Mariana Jungmann - Repórter da Agência Brasil
Com 54 votos favoráveis e 19 contrários, o Senado aprovou, há pouco, o texto-base do substitutivo do senador Roberto Requião ao Projeto de Lei 85/2017, que define os crimes de abuso de autoridade. Com o resultado, o projeto segue agora para análise pela Câmara dos Deputados. O texto foi aprovado por unanimidade hoje (26) pela manhã na Comissão de Constituição e Justiça e seguiu para o plenário nesta tarde.
Polêmica
Durante a breve discussão e plenário, vários senadores questionam trechos do projeto e se posicionam contra a matéria. Foram apresentadas quatro emendas ao texto, mas todas foram consideradas prejudicadas após a aprovação do texto.
"Eu quero me manifestar claramente, enfaticamente, contrário a esse projeto, sobretudo neste momento da história do Brasil. Claro que este país precisa de cinco séculos para acabar com o abuso de autoridade, mas não para cercear o trabalho de juízes, do Ministério Público, da polícia, o que tudo indica que é a finalidade neste momento. É um equívoco aprovarmos esse projeto neste momento", declarou o senador Cristovam Buarque (PPS-DF).
O substitutivo de Requião só conseguiu consenso depois que senadores de vários partidos condicionaram o apoio ao texto à aprovação de uma emenda do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) que alterou a redação do Artigo 1º do texto, que trata do chamado crime de hermenêutica, que significa punir o agente por divergência na interpretação da lei. Para parte dos senadores, a redação anterior do projeto abria brecha para enquadrar juízes e promotores, por exemplo, no crime de hermenêutica. O tema também foi alvo de críticas de procuradores integrantes da Operação Lava Jato
Para o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), as alterações acatadas por Requião na CCJ mais cedo representaram avanços importantes no projeto. Entretanto, na opinião dele, "o projeto ainda traz alguns dispositivos que trazem comprometimento à atuação, em especial, da magistratura".
"Embora tenha melhorado, e muito, eu ainda considero que traz algumas distorções centrais. E eu lembro que estamos votando o substitutivo do senador Requião. É melhor que o primeiro texto? É, mas ainda traz graves ameaças ao funcionamento da magistratura e do Ministério Público. E o que eu considero mais grave: ele é inoportuno, porque o momento histórico que nós vivemos não impõe a necessidade desse debate neste instante", afirmou Randolfe.
Outros senadores, no entanto, defendem o projeto e o acordo feito mais cedo em torno do texto aprovado na comissão. Para o senador Jorge Viana (PT-AC), o debate em torno da Lei de Abuso de Autoridade foi "manipulado", para fazer a opinião pública crer que ela ocorre em situação de enfrentamento contra a Lava Jato.
"Foi muito difícil chegar a esse entendimento", disse Viana. "Eu testemunhei o empenho nos últimos dias e semanas. Ontem a noite até hoje de manhã, procurando falar com líderes, ouvir membros do Ministério Público, do Judiciário, líderes desta Casa, para tentar alcançar uma mediação. Muita gente teve que ceder em suas posições", completou, lembrando que a atual lei ainda em vigor foi feita durante o período da ditadura militar. No mesmo tom, o senador José Agripino Maia (DEM-RN), disse que o senador Requião produziu um texto "que traduz equilíbrio"

COM CAIXÕES, OPOSIÇÃO DENUNCIA MORTE DA CLT


Deputados de oposição entraram com caixões e grandes cruzes no plenário do Senado na noite desta quarta-feira 26 para protestar contra a reforma Trabalhista proposta pelo governo Temer, a fim de denunciar a morte da CLT; do lado de fora, trabalhadores também colocaram fogo em caixões; os parlamentares seguraram ainda grandes placas com a imagem da CLT rasgada; o plenário da Câmara rejeitou, por 270 votos a 64, o requerimento de retirada de pauta do projeto de lei; segundo o relatório do deputado Rogerio Marinho (PSDB-RN), o acordo coletivo prevalecerá sobre a lei e o sindicato não mais precisará auxiliar o trabalhador na rescisão trabalhista, abrindo o caminho para qualquer retirada de direitos

NOTA DE ESCLARECIMENTO


Em atenção a notícia veiculada neste site, esclarecemos a bem da verdade, que os fatos envolvendo um roubo no Motel Hollywood na cidade de Serrinha não ensejou no cárcere privado de hóspedes ou agressão a qualquer cliente do estabelecimento.

Os meliantes adentraram no Motel hollywod se passando como cliente , já  na conferência eles abordaram os funcionários , levaram 3 televisores , celulares dos funcionários e uma quantia em dinheiro , sendo três indivíduos, dos quais dois estavam armados, senso o veiculo utilozado no crime  um Cross Fox Branco .
Não houve nenhum contato com os clientes , somente com os funcionários 
O segurança da Empresa estava de folga no dia do acontecido.

Assim, solicitamos as escusas devidas a empresa motel hollywod, esclarecendo que a publicação anteriormente informada está devidamente retificada

BRIGA ENTRE CÃO E GALINHA,Acaba em morte de vizinho.


O fato aconteceu no município vizinho de conceição do coite no dia 25 de abril, terça feira, por volta das 19;00 horas.
segundo informações o desentendimento teria começado devido o cão de um vizinho supostamente pegou a galinha de outro vizinho, dai teria começado um bate boca entre os dois.
JONILDO DOS ANJOS SANTOS, Não gostou do que ouviu e segundo o menor de iniciais R.S.J filho da vitima, o seu progenitor (Pai) de nome, ROMÁRIO OLIVEIRA DE JESUS, recebeu três disparos de arma de fogo, disparado por Jonildo.
Romário foi socorrido pelo filho e encaminhado para o HGE de Salvador, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.
A vitima estava acompanhado dos seus três filhos menores de idade que reconheceram o autor dos disparos.
policiais da delegacia de Coite, saíram em diligencia no sentido de encontrar o autor do crime.
e por volta das 08;30 da manhã do dia 26 de abril, Quarta feira, foi encontrado o meliante junto com seu irmão, menor de idade com as iniciais, J.A.S, que confessou na delegacia que estava com o irmão no momento dos disparos.

Projeto que coíbe uso de loterias na lavagem de dinheiro vai à Câmara


A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) aprovou nesta terça-feira (25), em turno suplementar, projeto que amplia medidas destinadas a coibir o uso de loterias para lavagem de dinheiro. O Projeto de Lei do Senado (PLS) 62/2007, do senador Alvaro Dias (PV-PR), foi aprovado no dia 18, mas, por ter sido acolhido substitutivo do relator, senador José Pimentel (PT-CE), foi necessária a votação em turno suplementar. Se não houver recurso para votação em Plenário, será enviado diretamente à Câmara dos Deputados.
Conforme o texto, a Caixa Econômica Federal ou qualquer outra pessoa jurídica autorizada a explorar loterias deve manter, por no mínimo cinco anos, o registro de informações sobre as edições dos concursos e sobre os ganhadores. A obrigação também alcança casas lotéricas revendedoras e permissionárias.
Ainda de acordo com a proposta, deverá ser mantido registro do tipo ou modalidade de loteria ou sorteio, o número e data do concurso, a data do pagamento do prêmio, o valor do prêmio, a descrição do prêmio, se em dinheiro ou em bens, e a forma do pagamento.
Também será preciso registrar o nome completo do ganhador, o número de documento de identificação e o de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas da Secretaria da Receita Federal (CPF).
O projeto prevê ainda o registro dos dados das casas lotéricas, identificação dos responsáveis legais e endereço das unidades responsáveis por receber as apostas e do estabelecimento pagador.
O objetivo de Alvaro Dias é evitar casos como o citado por ele na justificação da proposta, em que uma única pessoa descontou 107 prêmios no mesmo dia, em sete modalidades de loteria.
Como observa José Pimentel, o caso citado é um exemplo de como os criminosos buscam “dar aparência legal a recursos financeiros que têm origem ilegal, recursos muitas vezes advindos de crimes de impacto econômico e social bastante negativo, tais como corrupção, sonegação de impostos, tráfico de drogas e de armas”.

Comissão que avalia PEC da Vaquejada vota a favor da regulamentação da prática no País


Caso o plenário da Câmara também aprove o texto, a expectativa é de que a vaquejada seja efetivamente regulamentada como esporte em todo o País
A Comissão Especial destinada à apreciação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 304/17, que regulamenta a vaquejada e outras práticas desportivas que envolvem animais, aprovou nesta quarta-feira (26), por 20 votos a 1, na Câmara dos Deputados, o parecer do relator Paulo Azi (DEM-BA), que pede a regulamentação da atividade em todo o País, por considerá-la uma manifestação cultural. Agora, a PEC seguirá para votação no plenário da Câmara.
Segundo o texto do relator, as práticas desportivas que envolvem animais não podem ser consideradas cruéis, tendo em vista que "há normas estabelecidas por entidades do ramo para garantir os cuidados com os animais, assim como sanções em caso de irregularidades". Paulo Azi também afirmou que a prática faz parte da cultura brasileira desde o século XVII, quando eram realizados as chamadas "festas de apartação".
Ainda de acordo com o relator, a vaquejada e outras práticas desportivas envolvendo animais, como os rodeios, geram milhares de empregos diretos e indiretos em todo o País. "Cada evento reúne centenas de profissionais, como locutores, veterinários, cuidadores e fiscais. Há um peso muito grande na economia nacional", destacou.
O texto da ementa detalha que a medida "acrescenta § 7° ao art. 225 da Constituição Federal para determinar que práticas desportivas que utilizem animais não são consideradas cruéis, nas condições que especifica". Dessa forma, caso o plenário da Câmara também aprove o texto, a expectativa é de que a vaquejada seja efetivamente regulamentada como esporte em todo o País.
Avaliação
Dentre os deputados cearenses, participam da comissão o deputado Domingos Neto (PSD), também terceiro vice-presidente do grupo, Vitor Valim (PMDB), Adail Carneiro (PP) e Raimundo Gomes de Matos (PSDB), além de Moses Rodrigues (PMDB), como suplente.
Na avaliação de Domingos Neto, a formação da Comissão Especial reúne interesses para além do setor da vaquejada, com a inclusão de outros esportes equestres. O deputado prevê que, quando a medida for para a votação no plenário principal da Câmara, os defensores da proposta enfrentarão "um grande debate, pois tentam difamar a vaquejada sem explicar as novas regras que existem", alega o parlamentar cearense.
Histórico da PEC
De autoria do senador Otto Alencar (PSD/BA), a PEC passou pelo Senado Federal, em votação no último dia 14 de fevereiro. Antes, em outubro do ano passado, um processo do Supremo Tribunal Federal (STF) tinha declarado a vaquejada como uma prática inconstitucional, por causar sofrimentos aos animais.

Caso Gabrielly: menina foi assassinada e teve o corpo queimado

Após três meses do desaparecimento de Gabrielly Gomes Santana, de 7 anos, a Polícia Civil de Feira de Santana informou na manhã desta quarta-feira (26), a criança foi assassinada e teve o corpo queimado. A descoberta aconteceu após a realização de exame de DNA em um crânio que foi encontrado no dia 14 de fevereiro deste ano próximo à Expansão do Feira IX.

A revelação foi feita pelo coordenador regional de Polícia Civil, João Rodrigo Uzzum, durante entrevista coletiva no Complexo de Delegacias do Sobradinho. Segundo o delegado, o caso foi desvendado através de exames feitos com a polpa do dente do crânio encontrado às margens da avenida Eduardo Fróes da Mota (Anel de Contorno) e com material genético da mãe de Gabrielly. O crânio estava queimado e foi encontrado junto a outros fragmentos em um terreno baldio.
O delegado informou que a Polícia Civil já tem uma linha de investigação e continuará trabalhando para descobrir a autoria do crime. Uzzum e a delegada Dorean dos Reis Soares, que compõem a força-tarefa em torno do caso disseram que não revelariam mais detalhes para não atrapalhar a investigação. “Estou frustrada, mas a força-tarefa vai continuar. Não podemos trazer Gabrielly de volta, mas vamos fazer justiça”, declarou Dorean.
Os materiais encontrados no terreno baldio continuam passando por exames que vão apontar a causa da morte da criança.

O desaparecimento
Gabrielly desapareceu na manhã do dia 21 de janeiro, enquanto brincava na porta da casa da avó, no Residencial Solar da Princesa IV, bairro Gabriela, em Feira de Santana. De acordo com a delegada Dorean dos Reis Soares, na tarde do mesmo dia os pais da menina registraram queixa.

Manifestações
Durante o período em que Gabrielly Gomes esteve desaparecida, familiares e amigos da menina realizaram manifestações para pedir agilidade nas investigações. O último protesto, ocorreu no dia 10 de janeiro, em um trecho da BR-116. Cerca de 50 pessoas, incluindo o pai e a mãe da menina, participaram do ato. O grupo entregou folhetos com uma foto de Gabrielly e um telefone para contato aos motoristas que passaram na rodovia. Já no dia 26 de janeiro, o grupo realizou uma caminhada por ruas da cidade de Feira de Santana.


Foto de Gabrielly foi exibida em jogo da seleção
Durante o intervalo do jogo Brasil x Paraguai, pela Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, ex-atletas e voluntários entraram em campo com 30 fotos, em tamanho gigante, de crianças desaparecidas. Entre elas, estava a foto de Gabrielly Gomes. 
Suspeito preso
Um homem suspeito chegou a ser preso e foi liberado após 11 dias, pois a polícia descartou a participação dele no sumiço da criança.

Retrato falado
A partir do relato de um caminhoneiro, que disse que visto a criança em poder de um casal no estado do Piauí, a polícia elaborou o retrato falado dos suspeitos, mas ninguém foi encontrado.Blog Central de Polícia, com informações dos repórteres Carlos Valadares e Sotero Filho e imagens reprodução.

terça-feira, 25 de abril de 2017

VENDE-SE ESTA TERRA LUZ É AGUA




Vende-se 92 tarefas  no povoado da Cabeça da Vaca. 
Se o comprador optar,  pode ser vendido 23 tarefas separadas.
Valor R$ 2.200,00 a tarefa.
Ao lado do açude da Cabeça da Vaca.
Contatos:
(71) 9 9922-6880
(75) 9 9170-5608
Ana e Sérgio

Polícia divulga imagem de acusado de matar professora em Alagoinhas

Polícia divulga imagem de acusado de matar professora em Alagoinhas
Foto Polícia Civil

Policiais da 1ª Delegacia Territorial (DT/Alagoinhas) estão nas ruas em busca do suspeito de ter matado a enfermeira Rosângela Gomes da Costa, no dia 21 de abril. Trata-se de Edvan Alves dos Santos, o Van, identificado graças ao celular da vítima que foi roubado por ele e vendido a um receptador que acabou o apontando.
Depois que a justiça deferiu o pedido de mandado de prisão solicitado pela unidade, uma foto do suspeito passou a ser distribuída pela polícia para ajudar na sua localização. Quem souber do seu paradeiro poderá entrar em contato com a 2ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Alagoinhas, pelos números 75 3423 – 8253 e 3423 – 8252 ou pelo Disque Denúncia: 181 (interior) e 3235 – 0000 (Capital).
O crime
Rosângela foi encontrada morta na casa onde morava, em Alagoinhas, na manhã de sexta-feira (21). Ela estava amarrada na própria cama, amordaçada e com pelo menos oito perfurações pelo corpo. A suspeita é que ela tenha sido morta a facadas. Segundo a polícia, um vizinho da vítima acionou socorro na manhã desta sexta após ouvir barulhos na residência dela durante a madrugada.
Segundo informações prévias, os barulhos ouvidos pelo vizinho durante a madrugada foram provocados por uma suposta briga entre Rosângela e um homem, de identidade ainda desconhecida. Rosângela era professora do Centro Territorial de Educação Profissional (Cetep) e de uma faculdade local. O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Alagoinhas.

Marinha doa 100 fuzis a SSP da Bahia


O combate às quadrilhas especializadas ganhou reforço na manhã desta terça-feira (25), com a doação de 100Fuzis Automáticos Leves – FAL 7,62 mm, doados pela Marinha do Brasil à Secretaria da Segurança Pública. O governador Rui Costa e o secretário da SSP, Maurício Teles Barbosa, participaram da solenidade de repasse das armas, realizada no Comando do 2º Distrito Naval, no bairro do Comércio.

Um termo de transferência de responsabilidade foi assinado repassando 85 armas para a Polícia Militar e 15 para a Polícia Civil da Bahia. O arsenal fazia parte da reserva estratégica da Marinha do Brasil e passou por revisão e manutenção no Centro Tecnológico do Corpo de Fuzileiros Navais, na cidade do Rio de Janeiro, antes de ser disponibilizado para a doação.
"Com essa ação nós podemos redirecionar esse investimento para outros setores da Segurança Pública, como a aquisição de mais 10 mil coletes que vamos fazer até o final do ano", destacou o governador Rui Costa.
Já o secretário Maurício Barbosa agradeceu a ação da Marinha do Brasil e destacou que este foi um pedido que partiu da SSP com o objetivo de dar mais condições de combate dos policiais às grandes quadrilhas.
"O nosso desejo é que a utilização destes armamentos não fosse necessária, mas infelizmente o poderio de fogo das quadrilhas especializadas demanda que estejamos preparados para proteger as pessoas de bem", afirmou Barbosa.
O comandante do 2º Distrito Naval, Vice-Almirante Almir Garnier Santos, ressaltou a importância da união das forças para a busca do bem estar dos baianos. Está é a terceira doação semelhante, sendo as demais ocorridas em 2009 e 2011, com a entrega de mais 350 unidades.
A cerimônia contou ainda com a presença do subsecretário da SSP, Ary Pereira de Oliveira, do comandante-geral da Polícia Militar, coronel PM Anselmo Alves Brandão, e do delegado-geral da Polícia Civil, Bernardino Brito Filho.