Últimas notícias

Desembargadores reduzem pena de Bruno no caso Eliza Samudio

Foto: Renata Caldeira/TJMG
Foto: Renata Caldeira/TJMG

Os desembargadores do Tribunal de Justiça reduziram em 18 meses a pena do goleiro Bruno Fernandes, condenado pela morte de Eliza Samudio. A sentença passou de 22 anos e três meses de prisão para 20 anos e nove meses de reclusão.
Nesta quarta-feira (27), foi retomado o julgamento de recursos de dois processos, que começou no dia 13 de setembro. O primeiro era sobre a validade da certidão de óbito de Eliza Samudio e o outro questionava vários pontos da condenação de Bruno e de Fernanda Gomes de Castro, como a exibição da foto do filho de Eliza para os jurados e a existência de uma investigação paralela sobre o assassinato da jovem.
O último foi parcialmente aceito e, com isso, Bruno teve a pena por ocultação de cadáver extinta, uma vez que o crime prescreveu.