Últimas notícias

É preciso perdoar quem bateu panela’, defende Dilma

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado
Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

A ex-presidente Dilma Rousseff disse nesta segunda-feira (13), em Berlim, que o Brasil “precisa se reencontrar” e defendeu que é necessário “perdoar a pessoa que bateu panela achando que estava salvando o Brasil, e que depois se deu conta de que não estava”.
“Você tem uma porção de pessoas que foram às ruas e que estavam completamente equivocadas. Mas você não vai chegar para elas e falar ‘nós vamos te perseguir’. Precisamos criar um clima de reencontro, entende? Não vai ser um clima vingativo, não pode ser isso”, afirmou Dilma, em entrevista à Deutsche Welle.
A petista também declarou não ver problemas em alianças entre seu partido e figuras como o senador Renan Calheiros (PMDB-AL).