Últimas notícias

Após ser alvo de críticas, Governo do Estado encaminha projeto para reduzir valores de pátio e guincho

Após ser alvo de críticas da população e pronunciamentos de parlamentares, o Governo do Estado da Bahia deve enviar nesta terça-feira (19) para a Assembleia Legislativa, um Projeto de Lei, para reduzir os preços cobrados pelos guinchos e pátios, sob a tutela do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-Ba).

De acordo com informações do deputado estadual Zé Neto (PT), se o projeto for aprovado, o valor da diária do pátio, que atualmente custa R$ 49,50, será reduzido para R$ 29, enquanto o valor do guincho cairá de R$ 306 para R$ 121. Este último valor será válido apenas para veículos de duas ou três rodas, a exemplo de motos e triciclos.

O deputado Carlos Geilson (PSDB), informou que a expectativa é que o projeto seja aprovado o quanto antes para entrar em vigor no início de 2018. Disse ainda que vai propor valores ainda menores do que os que foram anunciados pelo líder do governo na Assembleia.

A discussão e provável redução nos valores cobrados pelo Detran da Bahia foram frutos de muita reclamação da população, matérias dos veículos de comunicação e repercussão nas redes sociais. As blitzes são necessárias, mas a comunidade considerava absurdos os valores cobrados pelo guincho e pátio, além da forma como são feitas as fiscalizações, que examinam apenas os documentos dos veículos e fogem do que é divulgado pelo Governo do Estado: segurança da população.

O assunto tem sido bastante debatido em Feira de Santana e o vereador Marcos Lima (PRP), deu entrada no mês passado a pedido de Ação Civil Pública no Ministério Público Estadual para que a Justiça interceda sobre o valor cobrado pelo guincho e diária de pátio de veículos apreendidos em Feira de Santana.

Blog Central de Polícia, com imagem reprodução.