Últimas notícias

Com funerária de fachada, facção transportava armas dentro de caixões em Sapucaia /


 A Polícia Civil descobriu mais uma ousadia do crime organizado na tentativa de evitar prejuízos, de despistar agentes da segurança e até rivais. Uma facção que tem base no Vale do Sinos, a mesma que tinha plano para executar autoridades e que construiu um túnel para fuga em massa do Presídio Central, estava escondendo armas em uma funerária na cidade de Sapucaia do Sul. A investigação aponta que armamento, coletes e munição seriam transportados até dentro de caixões.
A Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos de São Leopoldo chegou à descoberta após a prisão, na semana passada, de três integrantes do grupo que estavam atacando com violência motoristas na região. Ao obter as informações sobre o uso da funerária como depósito de armas, policiais foram até o local entre a noite passada e a madrugada desta segunda-feira (26).