Últimas notícias

Líderes do tráfico em Salvador e RMS são presos em condomínio de luxo em São Paulo; fotos

A megaoperação Cangalha, deflagrada pela Polícia Civil e Superintendência de Inteligência da SSP, desmontou uma quadrilha de tráfico de drogas que agia em Salvador, Região Metropolitana e interior do estado. Líderes da organização criminosa foram capturados em São Paulo, em um bairro de luxo e apresentados, no final da manhã desta sexta-feira (27), na Coordenação de Operações Especiais (COE), no Aeroporto Internacional de Salvador.
Cerca de 100 policiais cumpriram, nos últimos dois dias, mandados de prisão e busca e apreensão nas cidades de baianas de Salvador, Simões Filho e São Sebastião do Passé, além de São Paulo e Aracaju. Na capital paulista foram presos, em um prédio, no bairro do Morumbi, Edson Silva de Santana, mais conhecido como ‘Jegue’, e Cléber Santos da Silva, o ‘Kel’. Os criminosos, que possuíam mandados de prisões, já tinham sido presos duas vezes e fugiram do sistema prisional em 2012.
Jegue e Kel eram os responsáveis pela distribuição de drogas e armas para os comparsas que agiam na Bahia. Em SP a dupla ostentava com veículos de luxo, um deles uma motocicleta da marca BMW. “Há 1 ano estávamos monitorando esta organização criminosa e com êxito conseguimos prender os líderes. Eles mantinham também uma parceria com Fofão, alvo nosso, preso em SP, no ano passado. Ele foi autuado, novamente, dentro do presídio”, explicou a delegada Andrea Ribeiro, integrante do Draco e responsável pela operação.
Jegue
Kel
Contou ainda que Kel estava usando documentos falsos com nome de Tiago e de casamento marcado. “Encontramos no apartamento dele convites do evento, que estava marcado para o dia 5 de maio”, informou. Acrescentou que essas ações vão refletir nas diminuições de mortes violentas nas áreas de atuações do grupo.
Outras prisões
Em Aracaju, Edmilson Rosas Lima foi flagrado com drogas e documentos falsos, durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão. Na Bahia foram também capturados Marílio dos Santos, o ‘Gordo Marílio’ (Presídio), Hamilton dos Santos, o ‘Miltão’, Jeffeson de Almeida dos Santos, o ‘Geo’, Rondineli de Jesus Silva, o ‘Coroinha’, Ana Paula Macedo da Silva, a ‘Paulinha’, Edmar de Santana Silva, o ‘Mar’, Gênesis Moabe da Glória, o ‘Moabe’ (Presídio), Leandro da Conceição Santos Fonseca, o ‘Gringo’ (Presídio), Venício Bacellar Costa, o ‘Fofão’ (Presídio), e Vinícius Lima Marques. No total foram 13 prisões, somando mandados e flagrantes.
Com a quadrilha foram apreendidos uma submetralhadora calibre 9mm, uma pistola calibre 9mm, documentos falsos, quatro veículos (BMW, Elantra, HB20 e um Vitara), celulares, munições e uma certa quantia em dinheiro.
Deram apoio nas ações equipes dos departamentos de Homicídios Proteção à Pessoa (DHPP), Polícia Metropolitana (Depom), Polícia do Interior (Depin), Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), Coordenação de Operações Especiais (COE) e Polícia Interestadual (Polinter). “Importante ressaltar também a parceria com as polícias de SP e Sergipe”, concluiu a delegada Andrea Ribeiro.