Últimas notícias

Irará: em confronto com o PETO, líder do tráfico de drogas é morto



No final da tarde deste domingo (08), por volta das 16 horas, após denuncia de que o indivíduo Iatan Santos Ferreira, também conhecido pela alcunha de “Borla” estava praticando tráfico de drogas em uma localidade de Aviário, próxima a Lagoa da Madalena,
zona urbana, a Guarnição do Pelotão Especial Tático Ostensivo (PETO) da 97ª CIPM/Irará, deslocou para averiguação e ao se aproximar do local, policiais constataram a presença de vários indivíduos, dentre eles “Borla”, o qual ao perceber a presença da viatura adentrou em uma residência.

Conforme a Polícia, “Borla” tentou evadir, pulando o muro de residências próximas, sendo acompanhado pelos policiais. Na eminência de ser alcançado e preso, “Borla” abriu fogo contra a Guarnição, que usando moderadamente dos meios necessários reagiu a injusta agressão. No confronto “Borla” foi atingido por disparo de arma de fogo, o Peto ainda chegou a socorrer a vítima, levando-a até o Hospital Maternidade Dr. Deraldo Miranda, onde foi constatado o óbito pelo médico de plantão.

Com Iatan, foi encontrado uma arma de fogo, tipo revólver cal 38, nº0481788, com 03 munições deflagradas e 2 picotadas, além de pequena quantidade de droga e dinheiro. Dando prosseguimento as buscas foram encontradas na casa onde “Borla” morava, dois tabletes de substância análoga a maconha pesando aproximadamente 1 kg, várias trouxas da mesma substância, além de uma quantia de R$ 729 reais em espécie.
Na operação mais cinco indivíduos foram levados para a Delegacia Territorial de Alagoinhas, entre eles dois menores, os quais se encontravam na casa, todos foram ouvidos e posteriormente liberados pelo Delegado, e deverão responder Inquéritos regulares.

Conforme a Polícia, existe contra Iatan Santos Ferreira mandado de prisão preventiva em aberto, por haver assassinado a cerca de um mês na localidade da Baixinha um homem denominado de “Pai de Santo”, pesava ainda contra ele a acusação de liderar uma facção de tráfico de drogas em Irará e região. Várias fotos foram encontradas ele e comparsas exibindo armas de fogo.
O fato foi registrado na DP de Alagoinhas para a adoção das medidas admitidas em direito.blog do tavares