Últimas notícias

Presidente do Bahia critica sistema de sorteio da Copa do Brasil: “É preciso mudar”


Após vencer o São Paulo nas oitavas de final da Copa do Brasil 2019, o Bahia garantiu, mais uma vez, uma vaga nas quartas de final do torneio mais lucrativo do país. O Esquadrão de Aço é o único clube presente na competição que não veio da Copa Libertadores da América.

Através de sua conta oficial no Twitter, o presidente do Esporte Clube Bahia, Guilherme Bellintani, criticou o sistema de sorteio da Copa do Brasil. A partir das oitavas, a diretoria de competições da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) separa no pote 1 os clubes da libertadores e no pote 2 o restante das equipes.

“Bahia é novamente o único nas quartas da Copa do Brasil que não veio da Libertadores. 80 começaram, mas apenas o Bahia ficou. Orgulho? Não. É preciso mudar e permitir sorteio livre já nas oitavas. Pote dos Poderosos x Pote dos Lutadores mostra a escolha das TVs por jogos arrumadinhos”, disparou o dirigente.

“Fera demais são as formas como Bahia, Fortaleza e Ceará estão representando o Nordeste no futebol brasileiro. CSA também em ascensão. Que estejamos ainda mais fortes em 2020. Precisamos da modernidade sertaneja para mudar paradigmas”, acrescentou Bellintani ao ter o posicionamento elogiado por um torcedor.

O Bahia conhecerá seu adversário da próxima fase da Copa do Brasil nesta segunda-feira (10). A CBF realizará o sorteio a partir das 15h em sua sede, no Rio de Janeiro. Assim como o Bahia, Athletico Paranaense, Palmeiras, Grêmio, Internacional, Atlético Mineiro, Cruzeiro e Flamengo estão garantidos nas quartas.