Últimas notícias

Após ser ameaçado, Iuri Sheik está isolado na Mata Escura


O bordão “bangu virou” nunca fez tanto sentido na vida do digital influencer Iuri Abrão, conhecido como Iuri Sheik. Preso por assassinato, o empresário recebe ameaças dentro do Complexo Penitenciário da Mata Escura, em Salvador.

Detido desde o final de junho, Iuri confessou ter assassinado o ex-empresário da banda Black Style, William Oliveira, em uma festa de paredão, em Santo Antônio de Jesus.

Fontes ligadas ao presídio informaram ao bahia.ba que, agora, Sheik está no Centro de Observação Penal (COP), unidade do complexo que é destinada a realização de exames gerais, recolhimento especial de presos, provisórios ou condenados com mais de 60 anos.

No primeiro momento, Sheik esteve na Penitenciária Lemos de Brito. Segundo informações, Iuri foi para o COP porque estava sendo coagido por facções criminosas.

“Como ele não era ligado a nenhuma facção antes de entrar no presídio, é normal que esteja sendo ameaçado, principalmente para liberar dinheiro para os grupos”, informou uma das fontes.

Advogado nega

Advogado de Iuri, Victor Valente disse ao bahia.ba por telefone que “não houve nenhuma ameaça velada”.

“A defesa não foi informada sobre nenhuma ameaça. Ele está custeado no Complexo da Mata Escura e não goza de nenhum benefício. Iuri está paciente e aguardando a situação evoluir”, afirmou Valente, na manhã desta sexta-feira (26).

A reportagem tentou contato com o Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), mas não obteve retorno até o final desta publicação.

Facções divididas em unidades prisionais

O Complexo Penitenciário da Mata Escura é dividido diferentes unidades prisionais. Uma segunda fonte afirma que diversas facções criminosas estão espalhadas nelas.

Na Penitenciária Lemos de Brito, por exemplo, os grupos se dividem por pavilhões. Lá, os pavilhões de número 1,2 e 4 são neutros. Já o 5 é dominado pelo Bonde do Maluco (BDM).

No Presídio Salvador, que é separado por dois pavilhões, são comandados por dois grupos, o Bonde do Maluco (BDM) e o Comando da Paz.

“O Comando da Paz fica no “presídio velho”. Já o BDM fica novo, que é conhecido como anexo”, informa a fonte.

Na Cadeia Pública, que é divida por quatro raios, há duas facções. O raio 2 é dominado pelo BDM e raios 1, 3 e 4 são do grupo Fal. (Bahia.Ba)