Últimas notícias

Bancos de sangue veterinários salvarão vidas de cães e gatos em Salvador


Para reduzir a dificuldade de acesso às bolsas de sangue e reverter o baixo estoque dos hemocentros animais em Salvador, a vereadora Marcelle Moraes apresentou na Câmara Municipal dois Projetos de Indicação para criação de bancos de sangue veterinário na capital baiana.

A proposta ampliará significantemente o índice de sobrevida de cães e gatos vítimas de acidentes graves, como atropelamento, além de facilitar o tratamento dos bichos acometidos por doenças como câncer – que necessitam essencialmente da transfusão sanguínea.

“Temos bastante dificuldade de manter um bom estoque nos bancos de sangue da cidade. Um dos problemas é a falta de informação. Alguns tutores desconhecem o procedimento de transfusão sanguínea entre os animais e não engajam como doadores. Assim como os humanos, os animais necessitam de sangue por diversos motivos. Nossa expectativa com a implementação do projeto é salvar cada vez mais vidas através desse simples ato de amor”, justificou a edil.

O processo de coleta do sangue animal para a doação é muito rápido. Dura, em média 6 a 7 minutos, a depender do cão ou gato doador. Apenas a triagem, quando são feitos hemogramas, exames sorológicos e bioquímicos antes da retirada do sangue dura por volta de uma hora e meia.

Os projetos seguem para apreciação do prefeito ACM Neto para implantação.