Últimas notícias

Idoso morre atropelado após carro acelerar contra protesto do MST

Medina

Um motorista avançou sobre um grupo de manifestantes do MST (Movimento dos Sem Terra) em frente a uma ocupação em Valinhos (SP) e matou um idoso de 73 anos na manhã desta quinta-feira (18/7). A informação foi confirmada pela Guarda Municipal de Valinhos e também pelo MST. Um cinegrafista que registrava imagens do protesto também foi atropelado e sofreu ferimentos leves. O suspeito de cometer o crime fugiu, segundo a Guarda Municipal.

O protesto estava sendo realizado em frente ao acampamento "Marielle Vive", na Estrada dos Jequitibás, que liga Valinhos a Itatiba. O idoso atropelado, identificado como Luiz Ferreira da Costa, 73, foi levado à UPA de Valinhos ainda com vida, mas não resistiu.

Um grupo de cerca de 200 manifestantes fechou a estrada no começo da manhã. Eles entregavam mudas de plantas e folhetos para quem passava pelo local. Segundo o MST, o protesto tinha o objetivo de pressionar a prefeitura por fornecimento de água no assentamento. Por volta das 8h15, uma caminhonete L200 preta surgiu na contramão, acelerou e atropelou alguns manifestantes, antes de fugir.

De acordo com o MST, o acampamento "Marielle Vive" existe desde abril de 2018, na Fazenda Eldorado Empreendimentos e abriga mil famílias.