Últimas notícias

Petista radical, José de Abreu é chamado por apresentador de “desorientado” e começa a ganhar “fama de maluco”


O ator José de Abreu, defensor incondicional do Partido dos Trabalhadores (PT) e do ex-presidente Lula, não cansa de entrar em polêmica por causa de política. Nos bastidores do mundo artístico, ele começa a ganhar “fama de maluco” e até pessoas ligadas aos movimentos de esquerda tem estranhado o comportamento do global, que chegou a fazer uma piada com a morte da filha da autora de novelas Glória Perez, no último dia 7, através do Twitter.

“O Brasil está tão doido que vemos Guilherme de Pádua e Gloria Perez apoiando o mesmo espectro político! Que tempos!”, escreveu José de Abreu após Glória compartilhar o perfil de direita Pavão Misterioso. Guilherme de Pádua, que também é ator, matou a filha de Glória, Daniela Perez, em dezembro de 1992. O crime chocou o Brasil.

O artista foi chamado de “canalha” por Glória e após a repercussão negativa, tentou amenizar a situação. “Gloria, eu fiz apenas uma constatação, não tive intenção de magoar você, jamais faria isso. Se você sentiu assim, desculpe”.

Já nesta quarta-feira (10/07), a confusão foi com o apresentador Luís Ernesto Lacombe, que o chamou de “desorientado”, “doentio”, além de “pessoa intratável”.

“O José de Abreu pode xingar as pessoas e os colegas de trabalho, pode cuspir em um casal que estava no mesmo restaurante que ele e tudo bem. Eu não consigo entender os dois pesos. Uma pessoa intratável que se chega a esse nível de citar o assassino da filha da Gloria Perez é algo doentio, tão absurdo”, criticou o jornalista.

“José de Abreu é uma pessoa muito desorientada, não tem a menor ideia do que é democracia. Não aceita ninguém que tenha opiniões contrárias a dele”, disparou o ex-global, atualmente no programa “Aqui na Band”. O apresentador ainda sugeriu a demissão de José de Abreu.

“Vamos lembrar o Willian Waack que fez realmente um comentário infeliz, racista, que teve o contrato rescindido e foi dispensado. José Mayer foi acusado de assédio sexual e foi dispensado”, disse Lacombe.

Em resposta, o ator relembrou algumas pessoas que brigou e foi ácido.

“Vejam quem me ataca: Gentilli, Sonia Abraão, Alexandre Frota, Narizinho Nunes, e agora esse demitido Lacombe, que foi tirado até do próprio programa! E o ibope dele é o 5º, perde até da Cultura! Tô de boa”, ironizou José de Abreu.