Últimas notícias

“La Catrina”: chefona do tráfico que ostentava armas de ouro é morta


María Guadalupe López Esquivel, conhecida como “La Catrina”, de 21 anos, foi morta na última sexta-feira (10/01) após um confronto entre o cartel Nueva Generación (Nova Geração), de Jalisco, com o Exército, a Guarda Nacional e a polícia do estado de Michoacán, no México.

A chefe do narcotráfico foi baleada no pescoço e foi socorrida para o hospital, mas não resistiu. A criminosa ostentava nas redes sociais dólares e armas feitas com ouro.

De acordo com o jornal El Universal, La Catrina foi responsável por uma emboscada em outubro do ano passado que resultou na morte de 13 policiais. Desde então, as autoridades iniciaram uma busca pela narcotraficante.

A jovem era responsável pelo pagamento de “patrulhas de falcões”, informantes a serviço do grupo criminoso. Ela também coordenava sequestros, assaltos e ataques contra rivais.