Últimas notícias

73 mil militares receberam o auxílio emergencial indevidamente, diz Defesa


O Ministério da Defesa informou em nota publicada no fim da tarde desta terça-feira (12) que 73,2 mil militares receberam indevidamente o auxílio emergencial de R$ 600. Neste grupo, segundo a Defesa, há militares ativos e inativos, de carreira e temporários, pensionistas, dependentes e anistiados.
A nota diz que os valores recebidos indevidamente serão restituídos e os casos estão sendo apurados individualmente. 
Segundo o Ministério, parte dos beneficiários recebeu o auxílio automaticamente por ter CPF registrado no Cadastro Único ou ser beneficiário do Bolsa Família.
Já entre os que solicitaram o auxílio por meio do aplicativo ou do site da Caixa Econômica Federal, há aqueles que pertencem a famílias cuja renda mensal por pessoa não ultrapassa meio salário mínimo (R$ 522,50), ou cuja renda familiar total é de até 3 (três) salários mínimos (R$ 3.135,00).

de até 3 (três) salários mínimos (R$ 3.135,00). Para a Defesa, eles podem ter interpretado equivocadamente as regras de recebimento do benefício.