Últimas notícias

Com salários atrasados há dois meses, médicos querem trancar a residência

[Com salários atrasados há dois meses, médicos querem trancar a residência]

Em meio à grande pressão sobre o sistema de saúde público e à insuficiência de profissionais para atender os pacientes da Covid-19, o Ministério da Saúde atrasou em dois meses o pagamento das bolsas para residentes do primeiro ano.
A residência é um programa de pós-graduação direcionado a médicos e outros profissionais da saúde, com o objetivo de garantir uma especialização aos integrantes do programa. É assim que se formam urologistas, cirurgiões plásticos, pediatras, entre outras funções.
Os residentes de medicina recebem cerca de R$ 3.300 para trabalhar até 60h semanais. Os que ingressaram no programa de residência dos hospitais federais em 2020, no entanto, ainda não receberam as bolsas, que são pagas pelo Ministério da Saúde.
Procurado pela reportagem, o ministério afirmou que alguns dados foram encaminhados incorretamente pelo próprio residente ou pelas instituições de ensino.
O problema, porém, não aconteceu em poucos hospitais, mas sim em todas as regiões do país. Também há relatos de pessoas que receberam apenas uma bolsa, e não duas.
No fim do mês passado, a Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão instaurou um procedimento administrativo para acompanhar o pagamento dos salários.
Nas redes sociais, o ministro Nelson Teich disse nesta sexta-feira (8) que tem o compromisso de resolver a questão até o dia 15 de maio. Ele afirmou que 4.199 bolsas estão atrasadas entre os residentes de medicina do primeiro ano, por inconsistência nas informações transmitidas.
A ANMR (Associação Nacional dos Médicos Residentes) estima que 12 mil residentes, incluindo os de outras áreas da saúde como enfermaria e odontologia, estão com os salários atrasados.
Para essas áreas, segundo o Fórum Nacional de Residentes em Saúde, a situação é pior porque o programa exige exclusividade. Dessa forma, os profissionais não podem complementar a renda fora da unidade da residência.