Últimas notícias

Taficantes do CP criam ‘Auxílio Favela’ e mobilizam moradores contra a polícia

Auxílio Favela

A facção Comando da Paz (CP), que tem seu Quartel General (QG) na localidade do Boqueirão, no Nordeste de Amaralina, resolveu criar o ‘Auxílio Favela’ e já ‘ajuda’ pelo menos 300 famílias pobres da região.

Conforme uma fonte do Informe Baiano, os traficantes liderados por ‘Val Bandeira’ e ‘Leandro P’ distribuem mensalmente cestas básicas e ainda dão uma quantia em valor que varia de 100 a 300 reais. É o chamado ‘Auxílio Favela’, que teria sido aprimorado pelo homem de prenome Caíque, que está preso no Complexo Lemos de Brito..

As pessoas que recebem as ofertas passam a ser associadas ao grupo criminoso e integram grupos de WhatsApp, onde recebem ordens dos gerentes do tráfico ‘Fadiga’ e ‘Xandy’. A principal missão é ajudar no monitoramento das viaturas e também outros veículos policiais ou suspeitos que cheguem na região. Em algumas residências, até câmeras foram instaladas.

Ainda de acordo com a fonte do IB, os moradores também devem contribuir dando abrigo aos marginais durante operações e se necessário, devem esconder armas e drogas em casa. Além disso, tem que participar de protestos em defesa do tráfico e contra a polícia.

“Todo mundo que entra no Nordeste os traficantes sabem. Várias vezes dão baile na polícia e raras são as excessões. Observe: qual foi a grande apreensão feita esse ano? Muitas vezes, eles deixam até uma quantidade de drogas para a 40ª CIPM apreender, mas nada significativo. Agora, uma coisa também é certa, tem uma equipe boa hoje na unidade, os policiais estão indo para cima e tentando quebrar as pernas deles, mas é um sistema muito complexo”, revelou a fonte do IB.

Estima-se que a organização criminosa movimenta mais R$10 milhões por mês somente no Complexo do Nordeste de Amaralina. Um vídeo que viralizou na quarta-feira (24/06) mostra os traficantes exibindo mais de 10 pistolas e até um fuzil.